Correio do Zaca

Compartilhar Imprimir

05/01/2017 | 21:19

Massacre no Compaj e o oportunismo político

Compartilhar:

Rebelião no Compaj foi a maior da história prisional do Amazonas

A tragédia que roubou dezenas de vidas na maior chacina ocorrida na história prisional do Amazonas fez com que alguns políticos oportunistas e demagogos buscassem colher dividendos eleitoreiros em cima da miséria alheia.

 

&&&&&

 

O quadro caótico do sistema prisional do Amazonas e do Brasil demonstra que o problema precisa ser enfrentado com responsabilidade, espírito público e coragem.

 

&&&&&

 

A banalização com que as prisões provisórias são decretadas transforma qualquer investimento para criação de novas vagas em pesadelo, já que a quantidade de crimes e prisões são infinitamente superiores à capacidade de acomodação dos criminosos nas cadeias e penitenciárias.

 

&&&&&


Não há fórmula mágica, pronta e acabada para a solução do problema.

 

&&&&&

 

A cultura do encarceramento em massa leva os operadores do direito a enxergar na prisão a única alternativa para a prevenção e repressão ao crime. Estão enganados.

 

&&&&&

 

O tempo provou e comprovou que a prisão de humanos em verdadeiros cemitérios de vivos nada resolve.

 

&&&&&

 

A prisão só degrada, violenta, humilha, e gera verdadeiros facínoras em forma de gente. Basta ver o requinte de perversidade com que os assassinos covardes executaram os seus rivais no último domingo no interior do Compaj.

 

&&&&&


A implantação de uma verdadeira política penitenciária exige investimentos públicos, planejamento, execução e controle permanente.

 

&&&&&

 

Nenhum governante investe no setor pelo temor à reação contrária da opinião pública.

 

&&&&&

 

A sociedade quer viver em paz e distante dos criminosos, como se eles fossem habitantes de outro planeta.

 

&&&&&

 

A violência é humana e a comunidade precisa se envolver na busca da solução.

 

&&&&&

 

O crime e a violência são problemas de todos, e como tal devem ser tratados.

 

&&&&&

 

Enxergar o crime apenas como uma questão policial é miopia dos ignorantes e oportunistas de plantão. 

 

Terroristas virtuais

 

As pessoas que estão disseminando informações mentirosas com o objetivo de desestabilizar o sistema de segurança do Estado são tão criminosas como aqueles que promoveram o maior massacre da história prisional do Amazonas.

 

&&&&&

 

São muitas as mensagens postadas na redes sociais, sobretudo no WhatsApp, sobre troca de tiros entre fugitivos e policiais, arrastões na cidade, ameaças do PCC e da FDN. Tudo produto da mente doentia de oportunistas de plantão.

 

Boquirroto

 

O ministro da Justiça Alexandre de Moraes provou mais uma vez, ao falar à imprensa sobre a rebelião no Compaj, que é um boquirroto.

 

&&&&&

 

 

Em vez de pelo menos tentar trazer um pouco de tranquilidade à população, jogou mais lenha na fogueira, afirmando que a quantidade de fugitivos é bem maior do que a que o Governo do Estado divulgou.

 

&&&&&

 

Parecia até a deputada Alessandra Campelo falando.

publicidade

Copyright © 2013 - 2017. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.