Notícias

Compartilhar Imprimir

Esportes

11/01/2019

Após reagir a assalto e surrar ladrão, lutadora brasileira é escalada para o UFC 235

Compartilhar:

Foto: Reprodução

Polyana Viana vai enfrentar Hannah Cifers no dia 2 de março, em Las Vegas

Polyana Viana reagiu a um assalto na noite do último sábado, no Rio de Janeiro. A lutadora acertou dois socos, um chute e imobilizou o ladrão que tentou levar seu celular.

 

A atitude da brasileira chamou a atenção até do presidente do Ultimate, Dana White que publicou o caso em suas redes socais.


Com a repercussão do fato, a ‘Dama de Ferro’ foi escalada para enfrentar Hannah Cifers no UFC 235, no dia 2 de março. A brasileira vai fazer sua terceira luta pelo Ultimate no card em Las Vegas.


Ela soma uma vitória sobre Maia Stevenson em sua estreia e um revés para JJ Aldrich no UFC 227 em agosto de 2018. A paraense tem em seu cartel de 12 lutas, com dez triunfos e duas derrotas. Das 10 vitórias, seis foram por finalização e quatro por nocaute.


Veja também

Lutadora do UFC reage a assalto no Rio e domina ladrão com socos, chute e mata-leão. VEJA


Hannah Cifers vem de uma derrota para Maycee Barber no UFC Denver, em novembro de 2018. A norte-americana soma 11 lutas na carreira, sendo oito triunfos e três reveses. Em cinco oportunidades ela venceu os combates por nocaute.


Entenda

 


Segundo reportagem do MMAjunkie, o rapaz se aproximou de Polyana, que esperava um Uber, perguntando as horas e fingiu que estava armado ao anunciar o roubo.

 

"Quando ele viu que eu tinha percebido a presença dele, ele estava bem perto de mim. Ele me perguntou as horas. Eu disse, mas vi que ele não foi embora. Então pus o celular na minha cintura", relembra a lutadora em entrevista ao site.

 


"Ele pôs a mão sobre o parecia ser uma arma, mas percebi que estava maleável. Ele estava bem perto de mim. Foi quando pensei: se é uma arma, ele não terá tempo de sacá-la. E dei dois socos e um chute. Ele caiu e o detive com um mata-leão", explicou.

 


Polyana imobilizou o ladrão até a chegada da polícia. No fim, a lutadora descobriu que a "arma" utilizada pelo assaltante era na verdade feita de papelão.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter.

 

Polyana imobilizou um ladrão até a chegada da

polícia enquanto espera o Uber (Fotos: Reprodução)


Card do UFC 235 até o momento


Peso meio-pesado: Jon Jones x Anthony Smith;


Peso meio-médio: Tyron Woodley x Kamaru Usman;


Peso meio-médio: Ben Askren x Robbie Lawler;


Peso galo: Cody Garbrandt x Pedro Munhoz;


Peso palha: Tecia Torres x Weili Zhang;


Peso meio-médio: Diego Sanchez x Mickey Gall;


Peso pena: Jeremy Stephens x Zabit Magomedsharipov;


Peso galo: Holly Holm x Aspen Ladd;


Peso galo: Gina Mazany x Macy Chiasson;


Peso meio-pesado: Ovince St-Preux x Misha Cirkunov;


Peso palha: Polyana Viana x Hannah Cifers.

 

Estadão

Comentários

João - 11/01/2019
Só cara de anjo,eu eim já pensou namorar uma dessas e desconfiar que está traindo ?tá morto kkkkkkkkkkkkkkk 0
FRANCISCO EVERWRDO GIRÃO - 11/01/2019
Parabéns para essa jovem heroína, apesar dos perigos que reagir a um assalto pode ter. Além de ser reconhecida pela UFC, deveria ser chamada a treinar péssimos servidores de segurança despreparados que existem nas ruas do Brasil.

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.