Notícias

Compartilhar Imprimir

Política

09/02/2019

‘Receita não pode ser convertida numa Gestapo’, afirma Gilmar Mendes

Compartilhar:

Foto: Marivaldo Oliveira

O ministro vê quebra de sigilo e uso político do órgão na apuração sobre possível lavagem de dinheiro e ocultação de patrimônio

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse ontem, 8, que a Receita Federal não pode ser convertida numa Gestapo, em referência à polícia do regime nazista que investigava e torturava opositores ao regime de Adolf Hitler.

 

O ministro vê quebra de sigilo e uso político do órgão na apuração sobre possível lavagem de dinheiro e ocultação de patrimônio – e estuda processar os auditores fiscais responsáveis pela investigação.

 

Veja também

Receita abre investigação sobre patrimônio de Gilmar Mendes e sua mulher

 

“A Receita não pode ser convertida numa Gestapo ou num organismo de pistolagem de juízes e promotores”, disse Gilmar à reportagem. “Agora, se eles fazem isso com ministro do STF, o que não estarão fazendo com o cidadão comum?”, completou.


Procurada, a Receita Federal disse que não comentaria as declarações do ministro.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter.


O presidente do STF, ministro Dias Toffoli, pediu ao ministro da Economia, Paulo Guedes, à procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e ao secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, que adotem “providências cabíveis” em torno de uma apuração de auditores fiscais da Receita Federal sobre possíveis fraudes de corrupção, lavagem de dinheiro, ocultação de patrimônio ou tráfico de influência por parte de Gilmar Mendes e familiares.

 

Veja

Comentários

Jacques - 09/02/2019
O Ministro Gilmar Mendes é um cidadão como os demais, portanto pode e deve ser investigado pela Receita Federal e se provado a omissão de patrimônio, sonegação fiscal etc deve ser punido pelos seus atos...

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.