Notícias

Compartilhar Imprimir

Plantão Policial

12/03/2019

Casal é presos depois de manter interiorano em cárcere privado por cerca de dois meses no bairro do Mauazinho, Zona Leste de Manaus

Compartilhar:

Foto: Divulgação

José Nilton e Maria Odete foram presos logo depois do interiorano denunciar o crime de cárcere privado

Edson dos Santos, 32, fugiu do local onde foi mantido em cárcere privado por quase dois meses, segundo denúncia que está sendo investigada no 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP).


Na manhã do último domingo, 10, Edson arrombou uma porta e fugiu da casa situada na Rua Tiradentes, Comunidade Parque Mauá, bairro do Mauazinho, Zona Leste de Manaus.


Segundo denúncia, o homem veio do município de Japurá, para Manaus, em busca de tratamento médico, ele ficou encarcerado e dopado com forte medicação.


O casal de comerciantes José Nilton Matos Siqueira, 46, e Maria Odete Ribeiro Printes, 47, que foi acusado de oferecer moradia para Edson em Manaus e depois mantê-lo em cárcere privado já está preso.

 

A investigação indica que o casal preso queria ficar com o dinheiro

do benefício do interiorano (Foto: Divulgação)


Edson contou em seu depoimento que todos os dias o casal entrava no quarto onde ele ficava confinado para forçá-lo a tomar o medicamento de tarja preta identificado como Diazepan.


Pelo que mostra a investigação que vem sendo realizada por policiais do 14º DIP o casal passou a dopar e manter a vítima em cárcere privado depois de oferecer moradia ao mesmo em sua casa.


José Nilton e Maria Odete planejaram e colocaram o crime em execução quando descobriram que Edson dos Santos, estava recebendo todo mês um benefício do INSS que lhe garantia uma boa quantia em dinheiro.


O casal se apossou de todos os documentos de Edson e passou a mantê-lo dopado e no cárcere privado até que chegasse o dia do recebimento do benefício e fossem à agência bancária sacar o dinheiro da vítima.


Os policiais que atuam no caso já descobriram que o comerciante José Nilton já responde processo criminal na Justiça Estadual pelo crime de homicídio.


Maria Odete e o marido foram indiciados pelo crime cárcere privado e o interiorano Edson dos Santos, vai ficar hospedado na Casa do Imigrante onde vai permanecer durante seu tratamento médico em Manaus.
 

Comentários

Neo - 12/03/2019
História mal contada!
Ted - 12/03/2019
ainda se vestem como se fosse da igreja! SAFADOS
Janderson - 13/03/2019
Ainda se vestem? Esses aí são crente sim, Típico de crente.

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.