Notícias

Compartilhar Imprimir

Internacional

12/08/2017

Colisão de trens no Egito deixa ao menos 42 mortos e mais de 170 feridos

Compartilhar:

Foto: Ravy shaker / AP

Cada vítima receberá entre R$ 8 mil e R$ 9 mil de indenização, informa o governo do país

Uma colisão entre dois trens em Alexandria matou pelo menos 42 pessoas e feriu 179 na noite de sexta-feira, informou o Ministério da Saúde do país, de acordo com o portal "Egyptian Streets" e a rede "Aljazeera".

 

O acidente envolveu um trem que viajava do Cairo para Alexandria e outro que saída de Port Said, na estação de Khorsid. De acordo com uma investigação inicial, o trem do Cairo entrou na parte traseira do outro veículo. E o motorista que vinha do Cairo foi preso; ele passou por interrogatório pouco depois da colisão.

 

Veja também 

Modelo inglesa é sequestrada em Milão para ser vendida em leilão online

 


Parte de um dos vagões destruídos é erguida por equipamentos

de grupos de resgate (Foto: Khaled Desouki / AFP)


Relatórios preliminares sugerem que o motorista do trem não conseguiu ver o sinal de luz vermelha. A área onde ocorreu a colisão passa por investigação e é guardada por forças de segurança na manhã deste sábado.

 

 Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter. 

 

O último balanço, divulgado pela agência Reuters, informava que, além dos 42 mortos, havia 133 feridos.

 

Após o ocorrido, o presidente egípcio Abdel Fattah Al-Sisi enviou suas condolências às famílias das vítimas e ordenou uma investigação imediata.

 

A área onde ocorreu a colisão passa por investigação e é guardada

por forças de segurança na manhã deste sábado (Foto: AFP)


As famílias dos mortos na colisão receberão pelo menos 50.000 EGP — o equivalente a R$ 8.900 —, anunciou o Ministério da Solidariedade Social do Egito.

 

Esta última colisão é a mais mortal desde 2012, quando mais de 50 pessoas, principalmente crianças em idade escolar, foram mortas por causa da batida de um trem e um ônibus escolar. O último grande acidente de trem no Egito ocorreu em 2013, quando um trem descarrilou em Gizé, matando 19 pessoas.

 


Um homem egípcio olha os destroções da colisão, a mais mortal envolvendo

trens no país desde 2012 (Foto: Khaled Desouki / AFP)


Nos últimos anos, muitos cidadãos egípcios pediram uma revisão da indústria ferroviária do Egito. De acordo com a Associated Press, os recentes números divulgados mostram que 1.249 acidentes envolvendo trem ocorreram no Egito somente em 2016.

 

O Globo

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2017. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.