Notícias

Compartilhar Imprimir

Bizarro

09/06/2019

Confira 7 histórias bizarras sobre intrusos que se escondiam na casa das pessoas

Compartilhar:

Foto: Reprodução

Algumas vezes, pessoas moram na mesma casa e quase não se encontram. Mas, e quando uma pessoa mora com outra por mais de um ano e não sabe?

Morar com alguém pode ser algo bem divertido. Bem, pelo menos quando você sabe que está morando com a pessoa. Já ouviu a história de alguém que morou por mais de ano, se escondendo no porão ou sótão de outras pessoas?

 

Pois é, as histórias a seguir contam um pouco dessas maluquices que acontecem, a todo o tempo. Sem teto que vivia em cima do guarda roupas e roubava comida; ex-namorados no sótão que vigiavam ex-namoradas; pessoa que morou no porão e roubava "aquecimento"; entre tantos outros.

 

Parece que para algumas dessas pessoas, esses acontecimentos eram "normais". Como será que você se sentiria caso alguma dessas histórias acontecesse com você? Confira essa lista com 7 histórias bizarras sobre intrusos que se escondiam na casa das pessoas, que a redação da Fatos Desconhecidos selecionou.

 

 Veja também

Marta não se recupera totalmente e está fora da estreia do Brasil na Copa do Mundo da França

 

É importante lembrarmos que não temos o intuito de criticar, julgar, muito menos impor verdades absolutas. Nosso objetivo é único e exclusivo de informar e entreter. Por isso, o conteúdo dessa matéria se destina àqueles que se identificarem.

 

Confira:

 

1 - Ex-namorado de Tracy


 

 

Para contarmos essa história, chamaremos a garota de Tracy, que preferiu não ter seu nome revelado. Era uma mãe solteira que vivia em uma casa em Rock Hill, na Carolina do Sul. Em setembro de 2012 ela começou a notar barulhos estranhos vindos do sótão e pregos caindo do teto. Tracy e dois dos seus filhos foram até o sótão para investigar, mas encontraram nada fora do normal.

 

Seus filhos pensaram que ela estivesse apenas imaginando coisas, mas ela tinha certeza de que algo estava acontecendo e se sentiu muito incomodada. Num anoite, quando Tracy estava trabalhando em seu notebook, no quarto, um pedaço de gesso caiu sobre ela por causa do movimento que estava acontecendo no sótão. Em outra noite, as 2h30 da manhã, ela ouviu um barulho muito alto, foi quando teve certeza de que algo ou alguém estava lá.

 

Então, ela pediu a seu sobrinho para dar uma olhada no sótão. Lá, no cantinho estava o ex-namorado de Tracy, com quem ela namorou 12 anos antes. Aparentemente, o ex-namorado (sem nome) morou no sótão de Tracy por duas semanas. Apenas 90 dias antes, ele tinha sido libertado da prisão por ter roubado o carro dela. No sótão foram encontrados copos com fezes e urina.

 

Também encontraram um buraco no teto, que ele fez para poder ver Tracy em seu quarto. O homem fugiu e não conseguiram encontrar nenhuma pista sobre o paradeiro dele.

 

2 - Tatsuko Horikawa
 

 

Em 2008, um homem de 57 anos que vivia em Kasuya, no Japão, estava convencido de que alguém entrava em sua casa repetidamente para roubar comida. Contudo, ele não sabia como isso era possível, ele tinha certeza de trancar todas as portas e janelas quando saía. Mesmo assim, alguém continuava a roubar sua comida.

 

Então, ele comprou uma câmera de vigilância que enviava imagens para seu celular. Um dia, enquanto estava fora de casa, ele viu um intruso à espreita de sua casa. O homem chamou a polícia, que chegou e encontrou a casa seguramente trancada. Uma vez dentro da casa, eles olharam por todos os cantos e encontraram Tatsuko Horikawa, uma mulher de 58 anos, se escondendo no armário.

 

Acontece que, ela (sem teto) estava vivendo em cima do armário do dono da casa por mais ou menos um ano. Horikawa, esgueirou-se pela casa quando o dono saiu e se esqueceu de trancar as portas. Acredita-se que ela alapardou-se em outras casas. Ela conseguia se manter "invisível" por ser incrivelmente limpa e tomar banhos regulares, enquanto o dono da casa estava fora.

 

3 - Stanley Carter
 

 

Também em 2008, em Wilkes-Barre, Pennsylvania, a família Ferrance começou a notar sons estranhos na casa alguns dias antes do natal. Primeiro, Stacy Ferrance acreditou que fossem gatos ou as três crianças fazendo barulhos. No dia do Natal, algumas coisas começaram a desaparecer, em dois horários diferentes - primeiro à tarde, depois à noite.

 

Era como se alguém tivesse invadido a casa por duas vezes, roubaram alguns presentes de natal, então a família notificou a polícia. No dia seguinte, eles encontraram pegadas no armário de um dos banheiros, o que dava para o sótão. Então chamaram a polícia novamente, que por sua vez, levou um cachorro. No sótão fora encontrado Stanley Carter, um rapaz de 21 anos.

 

Ele estava vestindo o suéter e tênis de Stacy e as calças de sua filha. Carter morou um tempo com a família, na outra parte do duplex. A família pediu para que ele fosse embora e descobriram que ele tinha "sumido" no dia 19 de dezembro. Presumivelmente, foi quando ele "se mudou" para o sótão. Em julho de 2009, foi julgado e sentenciado a 23 meses de cadeia.

 

4 - Carlo Castellanos-Feria
 

 

Carlo Castellanos-Feria e Michelle Fredenburg-Onion se encontraram pela primeira vez em um hospital de Washington, D.C., quando os dois estavam trabalhando. Carlo era valet, enquanto Michelle era a diretora da fisioterapia. Depois de ter conhecido Michele, o valet de 32 anos se tornou obcecado por ela e começou a "stalkear" a mulher.

 

Em determinado ponto, ela deixou suas chaves à fácil alcance, oportunidade que Carlo não deixou passar. Ele fez cópias e devolveu as chaves sem que Michelle percebesse. Um dia, Carlo entrou na casa de Michelle e instalou uma câmera em seu quarto. Então, sempre que ele escutava Michelle e o namorado chegando em casa, ele se escondia embaixo da cama. Ele conseguiu fazer isso por dois dias, antes de o namorado de Michelle o descobrir. Debaixo da cama, com Carlo, haviam camisinhas, luvas de látex, uma muda de roupas e cabos de alimentação.

 

Carlo foi preso, quando a polícia revistou sua casa, encontraram seis fotos emolduradas de Michelle. Além de outra pilha de fotos e o vídeo do seu primeiro casamento. Ele invadiu a casa do ex-marido da vítima para roubar o vídeo. Ele foi julgado e condenado a 32 meses de prisão. Essa história bizarra foi registrada em um filme chamado "Under the Bed" (Embaixo da Cama), do mesmo diretor de "A bruxa de Blair".

 

5 - O colega de quarto secreto


 

Em setembro de 2013, uma casa fora do campus, próxima Ohio State University, era um lugar cheio, com pessoas indo e vindo o tempo todo. Esse é o primeiro porquê, de os nove moradores que viviam na casa não terem percebido nada estranho logo de imediato, nada estranho acontecia, mesmo quando as portas dos armários e microondas ficavam abertas.

 

De qualquer maneira, isso continuou acontecendo. Com a frequência dos acontecimentos, os moradores da casa decidiram começar a investigar, o que os fez ficarem curiosos sobre o que havia atrás da porta (trancada) do porão. Antes do estranho aparecer, eles acreditavam que era uma porta para uma despensa. Então, alguns dos moradores chamaram uma equipe de manutenção, da companhia dona da casa, para abrir a porta.

 

Quando abriram, encontraram um quarto totalmente mobiliado, com livros, fotos emolduradas, até mesmo uma pia e um vaso sanitário. Naquela noite, eles mudaram todas as trancas da casa.

 

O "invasor", um estudante da Ohio State University, identificado apenas como Jeremy, foi até a casa e perguntou se ele poderia recolher suas coisas, o que lhe foi permitido fazer. Um dos moradores já tinha visto o rapaz, mas pensou que fosse um amigo de algum outro morador. Jeremy tinha conseguido a chave com seu primo, que vivera na casa no verão anterior.

 

6 - Miguel Lua

 


 

Em dezembro de 2010, uma mulher não identificada, em Modesto, Califórnia começou a ficar preocupada - coisas estranhas estavam acontecendo em sua casa, e ela tinha certeza que estava relacionado a seu ex-namorado, Miguel Lua, de 27 anos. Ela tinha muitas suspeitas e acreditava que Miguel teria invadido sua casa. Uma noite, ela plugou o celular, para carregar durante a noite.

 

Quando foi pegar o celular, ele havia sumido. Ela ligou para a polícia, para que revistassem a casa dela. No sótão encontraram Miguel Lua, escondido embaixo do isolamento. Ao que parece, ele passou um bom tempo lá, espionando a ex-namorada. Ele tinha pego o telefone para ver se ela tinha ligado para outros homens.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter.

 

 

Miguel foi preso e essa não tinha sido a primeira vez que ele invadiu a casa de uma ex-namorada. Em julho de 2010 ele tinha sido preso por um crime similar, e essa ex tinha duas ordens de restrição contra ele.

 

7 - O invasor de Velma kellen

 

 

Em Yelm, Washington, uma senhora de 73 anos, Velma Kellen, não tinha certeza sobre o que fazer em relação as coisas estranhas que estavam acontecendo em sua casa. Ela tinha encontrado o portão dos fundos da casa, aberto, mesmo tendo certeza de que tinha fechado. Também sentia um cheiro estranho, que descreu como o cheiro de fumaça de cigarro, mas um pouco estranho.

 

Quando o inverno chegou, Velma disse que estava com problemas para manter a casa aquecida, então ligou para um "faz-tudo", na tentativa de consertar o problema de ventilação. Quando o homem inspecionou a parte de baixo da casa, descobriu que alguém tinha se instalado ali e havia cortado o respiradouro para que pudesse se aquecer.

 

No local, encontraram garrafas de bebidas alcoólicas. Incrivelmente, nenhum dos três cachorros de Velma não haviam detectado alguém. Não se sabe quanto tempo a pessoa ficou, ou pessoas, mas acredita-se que fizeram isso por mais de um ano.

 

Fatos Desconhecidos

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.