Notícias

Compartilhar Imprimir

Curiosidades

22/12/2016

Confira sete consequências que a falta de sexo provoca no organismo

Compartilhar:

Foto: Reprodução

Consequências que a falta de sexo provoca no organismo

Quando se está fazendo sexo, as pessoas chegam a pensar várias coisas. E aqui nós já exibimos para você quais são eles.

 

O sexo é um ato importante em que promove o prazer, bem-estar e garante a sobrevivência dos seres humanos, como também fazem a maioria das outras espécies do nosso planeta.

 

Mesmo se você é uma pessoa em um relacionamento estável ou não, algumas pessoas praticam a atividade enquanto que outras deixam de fazer por motivos religiosos, estar em uma viagem ou uma própria escolha na vida.

 

Mas o que muita gente não sabe é que a falta de sexo provoca efeitos colaterais no organismo. Confira aí algumas consequências que a falta dessa prática pode provocar no seu organismo:

 

1- Aumentar o seu estresse

 

como-lidar-com-o-estresse-gyalwang-drukpa-site-sobre-budismo-low

 

De acordo com um estudo publicado na Biological Psychology, pessoas que não fazem sexo tem picos de pressão alta em resposta ao estresse em níveis bem maiores que o de pessoas que fazem sexo com frequência. Não fazer sexo pode aumentar os seus níveis de estresse no seu corpo.

 

2 – Causar baixa imunidade

 

imunidade

 

Segundo sexóloga clínica e codiretora do Instituto de Sexologia de Barcelona, Francisca Molero, “os efeitos negativos que se costuma falar são a contraposição dos benefícios que têm sido estudados. A relação positiva entre a sexualidade e a patologia cardíaca, os acidentes vasculares cerebrais e a síndrome metabólica como a diabetes tipo 2 está comprovada. Por exemplo, sabemos que as relações sexuais afetam a imunidade, uma vez que o déficit de relações sexuais não estimularia de forma adequada a imunidade. Quando se tem relações com um parceiro ou com diferentes se está em contato com antígenos de outras pessoas, o que favorece a imunidade”.

 

3 – Agressividade

 

hormonio-masculino-shutterstock

 

José Carlos Riechelman, ginecologista e sexólogo ainda conta que a falta de sexo tem uma outra consequência terrível. Segundo ele, “roer as unhas, morder os lábios, arrancar cabelos ou comer o tempo todo também podem ser sinais de agressividade não exteriorizada por conta da abstinência.”

 

4 – Menos inteligência

 

aat0-1-p001-268360-1-m-shutterstock-images_1

 

Não praticar sexo pode acabar se convertendo em ter menos inteligência. De acordo com um estudo realizado em 2013, publicado no jornal ElPaís, “uma atividade sexual limitada poderia se traduzir em menor inteligência, devido ao papel do sexo como incentivo à neurogênese [a criação de novos neurônios] e à função cognitiva, uma vez que as relações sexuais podem impulsionar o crescimento celular no hipocampo, a região cerebral da memória a longo prazo.”

 

5 – Disfunção erétil

 

s_370001-mlb20258400802_032015-o

 

Nos homens, a disfunção erétil pode ser provocada. É o que diz uma pesquisa publicada no American Journal of Medicine. O texto partiu da análise do sexo de mais de 900 homens entre 50 e 70 anos durante o período de 5 anos e concluiu que o sexo feito regularmente consegue reduzir os riscos de problemas como a disfunção erétil, mesmo quando se está em idades avançadas.

 

Segundo o estudo, “a atividade sexual regular permite conservar a potência sexual da mesma forma que a atividade aeróbica mantém a capacidade física do corpo.”

 

6 – Genitália

 

659366-os-cuidados-com-a-higiene-devem-ser-redobrados-foto-divulgacao

 

Não praticar sexo te faz esquecer sobre o cuidado com os órgãos genitais. Segundo a sexóloga clínica e codiretora do Instituto de Sexologia de Barcelona, Francisca Molero, “às vezes não levamos em conta o que temos: a vagina é um músculo, e se não trabalha, acaba ficando flácida e aparece uma hipotonia.

 

O fato de percebê-la nas relações sexuais nos faz ser mais conscientes na hora de cuidar e trabalhar. É algo muito parecido no caso dos homens como o risco de câncer de próstata. Cada vez que o homem ejacula coloca em funcionamento todo um mecanismo muscular, neuronal e endócrino que faz com que o líquido flua e gere uma certa limpeza e descongestionamento da próstata, e se não há essa atividade não existe tanta reposição”.

 

7 – Aumenta a ansiedade e pode causar depressão

 

Woman in depression on gray background

Fotos: Reprodução

 

Praticar menos sexo ou não fazer sexo por um determinado período podem trazer prejuízos para a sua saúde mental e aumentar a sua ansiedade e até mesmo causar depressão, segundo a especialista.

 

Ainda segundo a sexóloga do Instituto de Sexologia de Barcelona, Francisca Molero, “quando se fala da parada da atividade sexual, não por uma causa voluntária mas sim por algo que a impede, há estudos muito interessantes, como os de Els Pazmany, de 2014, que abordam os efeitos sobre a autoestima da pessoas ou a ideia do autoconceito, aumentando o estado de depressão e ansiedade.

 

Uma pessoa que nunca teve uma atividade sexual individual ou compartilhada não sabe tão bem o que acontece, e, se cuidando em outros aspectos, a falta de sexualidade não tem porque ser tão negativa. Mas em uma pessoa que em um determinado momento teve relações sexuais e para ou abandona, o prejuízo é maior porque tem consciência dessa ausência, e o impacto psicológico acaba se traduzindo em outros processos fisiológicos e orgânicos”.

 

Depois de todos estes motivos, achamos que você não vai querer ficar sem fazer sexo regularmente, não é mesmo? Não há desculpas para querer ficar sem!

 

Fatos Desconhecidos

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2017. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.