Notícias

Compartilhar Imprimir

Curiosidades

19/05/2017

Conheças as 5 provas científicas de que psicopatas estão em todos os lugares

Compartilhar:

Foto: Reprodução

A Ciência, inclusive, tenta entender como esses comportamentos podem afetar a sociedade como um todo

Como você define um psicopata? Assassinos em série, como o Jason ou o Freddy Krueger?

 

Atiradores que entram em escolas e matam diversas pessoas?

 

Na verdade, o que define uma psicopata é o seu comportamento, normalmente impulsivo e egocêntrico.


Claro que alguns deles partem para o mundo do crime, mas a falta de empatia não é necessariamente um fator determinante de que a pessoa sairá por aí assassinando todo mundo: existem psicopatas do bem!

 

A Ciência, inclusive, tenta entender como esses comportamentos podem afetar a sociedade como um todo.

 

Veja também 
 

Por isso, confira cinco coisas que a Ciência fala sobre os psicopatas:

 

1. Você cruza com um psicopata todos os dias

 

 

 Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter. 


Você sabia que a Ciência estima que existe um psicopata para cada grupo de cem pessoas? Pensando dessa maneira, é bem provável que você cruze com um desses indivíduos diariamente!

 

Pode ser na rua, na escola, no trabalho ou no ônibus: o fato é que existe uma chance, inclusive, de um deles estar em seu círculo de amigos ou conhecidos.


Outra estatística mostra que, conforme o cargo que você tem, a chance de conviver com um psicopata é ainda maior.

 

A probabilidade de uma pessoa com essas características também ocupar uma posição de chefia é bem maior se comparada com outros níveis dentro de uma organização.


Pensando friamente, a chance de seu chefe ser um psicopata é bastante grande – talvez isso justifique alguns de seus comportamentos, não acha?

 

Então, da próxima vez que for reclamar dele, pense duas vezes!


2. Heróis e psicopatas

 


Sabe aquela história de que existe uma linha muito tênue entre o amor e o ódio?

 

O mesmo pode ser dito sobre psicopatas e heróis. Apesar de parecer que eles são extremos opostos, ambos são pessoas impulsivas, que facilmente quebram as regras e desafiam as autoridades – cada um à sua maneira, é claro.


As semelhanças psicológicas entre os psicopatas e os heróis são tão grandes que eles costumam ser descritos como “galhos do mesmo ramo”. Inclusive, muitos heróis podem ser considerados psicopatas pela ciência – talvez isso não seja de todo ruim.

 
3. Supersoldados

 


Psicopatas são ótimos soldados – e alguns governos têm consciência disso. Afinal, para sair matando qualquer inimigo que se encontre pelo caminho, é preciso uma boa dose de coragem e falta de empatia.

 

E quem melhor para fazer isso do que os psicopatas tradicionais, aqueles sem apreço algum pela vida alheia?


Esse tipo de comportamento é tão importante dentro de um campo de batalhas que o governo britânico financiou estudos para desenvolver um “capacete psicopata”. Essa ferramenta de guerra seria capaz de “desligar” partes do cérebro do soldado relacionadas à empatia e ao medo, criando uma espécie de supersoldado.


4. Psicopatas são os responsáveis pela crise na economia

 


Já falamos aí em cima (e neste outro artigo) que pessoas com distúrbios de psicopatia são os melhores líderes de empresas, tanto que algumas corporações contratam pessoas justamente com esse tipo de comportamento pensando nelas como um guru para fazê-las crescer economicamente.


O único problema, porém, é que a falta de empatia característica dos psicopatas faz com que eles não se importem com os funcionários nem mesmo com os impactos de uma crise financeira – contanto, é claro, que seus bolsos estejam bem recheados. Como esses cargos pagam salários bastante elevados, raramente a crise os afeta.


Existe uma teoria explicando que a contratação de psicopatas pelos maiores bancos e investidores do mundo foi responsável pela crise global pela qual estamos passando.

 

Decisões ruins e egoístas desses gerentes desencadearam uma série de colapsos que atingiram a população de uma maneira generalizada – menos os próprios CEOs, é claro, já que eles souberam administrar a sua própria economia.


5. Psicopatas também são melhores gerentes de crise

 

Fotos: Reprodução 


Lembra que falamos que a linha que divide heróis de psicopatas é bastante tênue?

 

A psicopatia também pode ser a solução para uma crise – mesmo a crise econômica mundial, que supostamente teria sido responsabilidade de gerentes gananciosos.


Isso acontece porque os psicopatas possuem uma inteligência mais aguçada para solucionar problemas e não se deixam abater por qualquer coisa.

 

Enquanto a maioria das pessoas se descabela diante de um microprobleminha, os psicopatas procuram soluções originais e criativas para solucionar qualquer tipo de confusão.

 

Sangue frio e calculismo são essenciais para tarefas desse tipo.

 

Mega Curioso 

Comentários

Alberto - 19/05/2017 às 15:24
Brasília tá cheia de psicopatas!

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2016. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.