Notícias

Compartilhar Imprimir

Política no Amazonas

18/05/2017

David Almeida demite Mário Aufiero do cargo de secretário extraordinário, temendo ser 'apunhalado' pelas costas

Compartilhar:

Foto: Reprodução

Mário Aufiero: quebra de confiança

O ex-delegado de polícia Mário Aufiero foi demitido ontem (16) do cargo de secretário extraordinário, no qual estava desde 2015.

 

Segundo uma autoridade estadual, o governador David Almeida (PSD) resolveu demitir Mário Aufiero após ser informado por sua assessoria que, no ano passado, o agora ex-secretário usou a Associação dos Delegados de Polícia do Amazonas (Adepol-AM), da qual é presidente licenciado, para pressionar o então governador José Melo (Pros) a pagar o escalonamento salarial da Polícia Civil. Aufiero é um dos 124 delegados que em setembro de 2015, por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), voltaram à condição de comissários.

 

Na pressão a José Melo, Mário Aufiero atuou nos bastidores, pois estaria assinando sua carta de demissão se o fizesse diretamente, já que ocupava um cargo de confiança.

 

Pôs na linha de frente o presidente interino da Adepol-AM, Sandro Sarkis, seu fiel escudeiro. Sandro não dava um passo dentro do movimento reivindicatório dos policiais civis, sem consultar Mário Aufiero.

 

José Melo soube da conduta de Aufiero, mas, mesmo assim, o manteve no cargo, pois não queria conflito com a madrinha dele, a ex-primeira-dama Nejmi Aziz.

 

"Não posso ficar com um secretário que é capaz de me apunhalar pelas costas", teria dito David Almeida ao chefe da Casa Civil, José Pacífico, ao pedir que ele preparasse o decreto de demissão de Mário Aufiero.

 

Nunca trabalhou

 

Desde que ingressou na Polícia Civil, em 2001, na condição de comissário, Mário aufiero nunca soube o que é trabalhar numa delegacia, mesmo quando virou delegado em 2004, por força de decreto do então governador Eduardo Braga (PMDB).

 

Aufiero passou boa parte do tempo à disposição da Adepol, para onde deverá voltar agora que foi demitido do governo.


Sindepol está de olho

 

Por falar em comissários, o Sindicato dos Delegados de Polícia de Carreira do Estado do Amazonas (sindepol-AM) vem lutando incensantemente para não deixar que eles assumam como delegado de polícia no interior como aconteceu recentemente, quando o delegado-geral Frederico Mendes decidiu colocá-los para ser delegados titulares em municípios do Estado.

 

Delegado Costa e Silva, presidente do Sindepol-AM: ""Esses

servidores devem ser aproveitados no cargo para o qual foram

aprovados no concurso de 2001, ou seja, comissário de polícia"

 

Ouvido pela reportagem do PORTAL DO ZACARIAS, o presidente do Sindepol-AM, delegado Costa e Silva, disse que "esses servidores devem ser aproveitados no cargo para o qual foram aprovados no concurso de 2001, ou seja, comissário de polícia, uma vez que a ADI (Ação Direita de Inconstitucionalidade) 3415 julgou inconstitucionais as leis que os transformaram em delegados no ano de 2005".

 

"Precisamos desses servidores para ajudar os delegados, investigaodres e escrivães em Dips, nos plantões, na capital e no interior. Mas como delegado não há essa possibilidade juridica", ressaltou Costa e Silva.

Comentários

Capitão América. - 17/05/2017 às 16:47
É preciso agir na linha de frente como está fazendo o CAPITÃO AMÉRICA mas outros agem na covardia, nos cantos escuros da discórdia, da usurpação como fez Mário Aufiero que contra a LEI passou todos os seus apadrinhados para a CLASSE ESPECIAL, assim como se aproveitou desta aberração o SINPOL e também passaram todos os seus membros, sem intervalos, para a CLASSE ESPECIAL o que também é vedado pela LEI mas ninguém disse ou fez alguma coisa contra esta aberração a não ser que o atual governador eleja uma COMISSÃO PARA PASSAR A LIMPO ESTAS PROMOÇÕES. E AI GOVERNADOR VAI OU NÃO ? José Jerônimo.
OS PEIXADAS TAMBÉM VÃO CAIR KKKKKK - 17/05/2017 às 21:53
coitado dos meus 2 amiguinhos, vão voltar para os DIPs para TRABALHAR !!!
Que é isso Mestre Zaca ? - 18/05/2017 às 08:10
Sei que o delessário Mário Jumbo Aufiero tem muita influência mas vossa senhoria a de concordar que este senhor causou muita revolta no seio policial principalmente o de nunca ter trabalhado na Policia Civil apenas se valeu da influência de sua família para só receber seus salários, cargo comissionado, grupos tarefas e funções gratificadas, como também seus garotinhos policiais baby sister que foram todos promovidos a classe especial graças a ação maquiavélica deste delessário. Para tanto nobre Mestre Zaca postar nossa insatisfação é um dever de vossa senhoria. Pau neles Capitão América. Ops: O James Figueiredo é o baluarte da enganação ficou caladinho nas promoções seguidas do pessoal do Sinpol. Agora a troco de que Sr. James METRALHA ? Zica é a Dica.
EU - 18/05/2017 às 10:18
ESSE AÍ, NUNCA TRABALHOU MESMO. É UM OPORTUNISTA TRAÍRA. DAVID ALMEIDA AGIU CERTO. PERFEITO.
MAUMAU - 18/05/2017 às 13:50
Essa sacanagem de apadrinhamento, me tiraram da promoção para a classe especial, eu teria direito liquido e certo da minha promoção pra classe especial, porem não aconteceu, agora eu pergunto... porque eu não fui promovido?, eu tenho o direito da promoção por antiguidade, agora entrarei na Justiça pra buscar o tempo perdido, e com toda razão, e o tal de Sinpol nada faz pelos babacas que descontam um valor pra esse referido Sindicato... Governador DAVID ALMEIDA, o senhor tem bom senso, veja o caso de muitos que ficaram de fora das promoções por não ser capacho desses que se dizem donos da POLÍCIA CIVIL, que na realidade não sabem nem os endereços dos DIPs.
Ao MAUMAU, o governador prefere nomear REPROVADOS a efetivar o escalonamento e promoções kkkkkkkk - 19/05/2017 às 11:53
é brazil, é manaus (com "b" minusculo e com z mesmo kkkk)

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2016. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.