Notícias

Compartilhar Imprimir

Curiosidades

08/01/2017

Estudo revela quanto tempo a humanidade aguentaria a um apocalipse zumbi

Compartilhar:

Foto: Reprodução / Internet

Na análise, assumiu-se que cada zumbi teria 90% de chances de infectar um novo humano por dia

Uma galera da Universidade de Leicester, na Inglaterra, resolveu analisar em quanto tempo a humanidade seria dizimada em um eventual apocalipse zumbi.

 

Segundo os pesquisadores, depois de 100 dias restariam apenas 273 pessoas caminhando vivas na Terra! A conclusão foi feita após uma análise fantasiosa do modelo epidemiológico SIR, que calcula o alastramento de doenças.

 

Na análise, assumiu-se que cada zumbi teria 90% de chances de infectar um novo humano por dia – uma perspectiva que colocaria essa epidemia 2 vezes mais veloz do que a Peste Negra, que devastou a Europa nos anos 1300. Com uma população de 7,5 bilhões de pessoas no mundo, levaria apenas 20 dias para que um único zumbi começasse uma pandemia global.

 

Estudo analisou um modelo real de epidemiologia para chegar aos resultados
(Foto: Reprodução)

 

Sem isolamento geográfico, em 100 dias a população mundial cairia para meras 181 pessoas. Caso rolasse algum isolamento, é possível que a contagem fosse um pouco mais “positiva”: 273 pessoas. É preciso saber, entretanto, que os pesquisadores não levaram em conta o fato de que a humanidade poderia lutar contra os zumbis. Nos cálculos, seria como se ficássemos inertes à espera da morte certa.

 

Os alunos da universidade também estipularam que os zumbis poderiam sobreviver até 20 dias sem cérebro algum. Nesse modelo, segundo eles, os comedores de cérebros sumiriam em até 1 mil dias após o início da epidemia, e a humanidade voltaria a se recuperar após 10 mil dias. Haja tempo para tanto cálculo bizarro, hein?

 

MegaCurioso

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2016. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.