Notícias

Compartilhar Imprimir

Esportes

13/03/2019

Ex-árbitro Oscar Ruiz é acusado de assédio sexual e chantagem a outros juízes

Compartilhar:

Foto: Agência O Globo

Denúncia foi feita pelos ex-árbitros Harold Perilla e Carlos Chavez

O ex-árbitro colombiano Oscar Julian Ruiz, um dos mais importantes da América do Sul, foi acusado de chantagem e assédio sexual a outros juízes do seu país.

 

A denúncia foi feita pelos ex-árbitros Harold Perilla e Carlos Chavez, que acusam Ruiz de toques sexuais e insinuações, enquanto Javier Reina acusa o ex-juiz de o ter afastado da comissão de árbitros, depois de ter denunciado algumas situações.


"Desde 2007 e até me retirar, ele me assediava. Tentou me tocar os testículos e as nádegas, e fazia insinuações (...), que podia me levar longe, porque tinha muito poder", acusou Harold Perilla, que apresentou queixa criminal.


Veja também

Após ser preso nos Estados Unidos, o lutador irlandês Conor McGregor paga fiança e é liberado; assista


Segundo com o mesmo árbitro, que se aposentou em 2018, Oscar Ruiz tinha o poder de escolher os membros do conselho de arbitragem, órgão responsável pelas nomeações no Campeonato Colombiano. Perilla também citou Imer Machado, igualmente antigo árbitro da Fifa e membro do Conselho de Arbitragem da Federação Colombiana, que tal como Oscar Ruiz o assediou.


"Se aproximou de mim e me tocou os testículos. Foi horrível. Agarrou minhas nádegas e menosprezou o meu trabalho. Na ocasião, não o denunciei, hoje sim, e a Ruiz também", disse Harold Perilla.


Já Carlos Chavez acusa o antigo árbitro de assédio, relatando um episódio em que o ex-colombiano lhe tocou as nádegas quando ele saía do banho, referindo que era um pagamento.


As denúncias contra os antigos árbitros internacionais colombianos juntam-se à crise que vive o futebol no país, com outras acusações de assédio sexual, nas equipas femininas de sub-17 e seniores.

 

 Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter.


Denúncia antiga


Essa não foi a primeira vez que Ruiz foi denunciado por assédio sexual. Em 2012, Germán Mauricio Sánchez, também prstou queixa contra o ex-juiz. O incidente entre eles aconteceu em 5 de dezembro de 2010, quando o colombiano teria se aproveitado do juiz em sua casa, na cidade de Villavicencio.


‘Eu não o denunciei antes porque tinha a meta de voltar a apitar profissionalmente. Queria que tudo pudesse ser solucionado nas instâncias esportivas’, esclareceu Sánchez na época.

 

O Globo

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.