Notícias

Compartilhar Imprimir

Educação

22/05/2019

Mais de 52 mil alunos do 6º ao 9º anos da rede municipal participam da Olimpíada de Matemática

Compartilhar:

Foto: Cleomir Santos / Semed

O objetivo da prova é estimular e promover o estudo da matemática

Mais de 52 mil alunos do 6º ao 9º anos do ensino fundamental da rede municipal de ensino participaram nesta terça-feira, 21/5, da 1ª fase da 15ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). A prova, realizada em todo o país, mobilizou 130 unidades de ensino de todas as zonas de Manaus.

 

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) participa da Obmep desde 2005 e ano passado teve um aluno medalha de bronze e prata, além de 18 estudantes com menções honrosas contemplados com bolsa do Programa de Iniciação Científica Júnior (PIC), da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

 

Veja também 

Exame Nacional do Ensino Médio 2019 já tem três milhões de inscritos

 

“A participação de milhares de alunos da rede municipal em concurso nacional desse porte faz parte de um objetivo maior que é promover melhoria na qualidade da educação básica, despertar interesse desses jovens pela matemática e até reconhecer novos talentos”, ressaltou o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto.

 

O objetivo da prova é estimular e promover o estudo da matemática, contribuir para a melhoria da qualidade da educação básica, possibilitando que um maior número de alunos brasileiros possa ter acesso a material didático de qualidade, além de identificar jovens talentos e incentivar seu ingresso em universidades, nas áreas científicas e tecnológicas.

 

 

A assessora para o currículo de matemática e coordenadora do Programa Institucional Matemática Viva, da Semed, Giselle Cavalcante Souza, disse que a prova oportuniza essa chance para alunos brasileiros mostrarem seus conhecimentos, em especial, da rede municipal de ensino.

 

“A expectativa da Semed é de que este ano nós possamos ter mais alunos medalhistas pelo trabalho que vem sendo realizado de incentivo à participação nesse concurso nacional, porque eles têm a oportunidade de ser bolsistas do Programa de Iniciação Cientifica, pois já tivemos dois alunos medalhistas de 2018”, completou.

 

Prova

 

A Obmep é um projeto nacional dirigido às escolas públicas e privadas brasileiras, realizado pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa), com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) e promovido com recursos dos ministérios da Educação e da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).


A prova tem um total de 22 questões de múltiplas escolhas de cinco opções para marcar. No período de 22 de maio a 4 de junho, as escolas poderão enviar os cartões-respostas dos alunos classificados para a 2ª fase. No dia 5 de junho, será a divulgação dos alunos aprovados. A prova da 2ª fase será realizada no dia 28 de setembro.

 

 

De acordo com a assessora interdisciplinar da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Centro-Sul, Mônica de Melo Oliveira, 12 unidades de ensino, com total de 6,5 mil alunos do 6º ao 9º anos, participaram da prova. Ela disse que foi realizado um planejamento com os educadores das escolas com atividades pedagógicas para ajudar os alunos. “O professor é peça-chave. Ele está no dia a dia estimulando o aluno para participar desse momento, percebendo as dificuldades que tem na disciplina e trabalhando em cima disso”, contou.

 

Destaque

 

A escola municipal Dr. João Queiroz, na comunidade Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, na Cidade Nova, zona Centro-Sul, foi uma das unidades que participou da prova. Para diretora Vivianne Coelho Alves, houve toda uma mobilização para preparar os 307 alunos do 6º ao 9º anos para alcançar o objetivo da escola na Obmep.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter.

 

 

“A prova vem ser a primeira parte do desafio que vão encontrar em 2019. Como é uma mobilização nacional, eles estão vendo as outras escolas fazendo também. Percebemos que eles ficaram estimulados. Foi feito um trabalho anteriormente de sensibilização para que eles possam chegar na segunda fase também”, disse.

 

Fotos: Cleomir Santos / Semed

 

Classificado no ano passado para a segunda fase, o aluno do 9º ano, Matheus de Brito Rufino, 15, disse que se preparou mais ainda e que sua meta é conquistar uma medalha inédita para escola na prova. “Este ano me preparei bastante, quero ser o orgulho da minha família e da minha escola e levar a medalha de ouro. A minha dificuldade na disciplina não é tanto assim, porque tenho meus professores que me ajudam e em casa tenho apoio da minha família”, finalizou.

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.