Notícias

Compartilhar Imprimir

A Entrevista

17/05/2017

Militares devem ter idade mínima para aposentadoria, diz ministro da Defesa

Compartilhar:

Foto: Yasuyoshi Chiba / AFP/ Estadão Conteúdo

Segundo Jungmann, intenção do governo é estabelecer o mesmo que foi oferecido às polícias, uma idade mínima de 55 anos

A reforma da Previdência para os militares incluirá idade mínima, mas não deve chegar aos 65 anos para homens e 62 para mulheres, como a do regime geral, afirmou nesta quarta-feira o ministro da Defesa, Raul Jungmann.


"Deve haver uma idade mínima. Se deve fixar uma idade mínima para militares", disse o ministro em café da manhã com correspondentes estrangeiros.


Jungmann ressaltou, no entanto, que os militares precisam estar em boas condições físicas, é por isso a categoria seria diferentes. "Do militar se exige uma plena capacidade", explicou.


De acordo com Jungmann, o Conselho Militar de Defesa se reunirá na quinta-feira para discutir o assunto e tentar chegar a um consenso sobre qual seria essa idade mínima.


A intenção do governo é estabelecer para eles o mesmo que foi oferecido às polícias (veja no vídeo abaixo), uma idade mínima geral de 55 anos tanto para homens quanto para mulheres.

 


O ministro da Defesa, Raul Jungmann (Foto: Yasuyoshi Chiba / AFP)


Conforme a Reuters adiantou em janeiro, havia decisão interna no governo de que a reforma dos militares teria de incluir idade mínima, tempo maior de contribuição e teto para o pagamento da aposentadoria. Inicialmente, a intenção era que a idade mínima fosse a mesma dos demais servidores, assim como o tempo de contribuição e o teto de R$ 5.578, como o do INSS.


O governo, no entanto, encontra muita resistência. As negociações estão sendo feitas em um grupo de trabalho desde o final de 2016 e já há a decisão de ser menos rígido com os militares.


Prevista para ser enviada ainda em maio, a proposta só deverá chegar ao Congresso depois que a reforma geral da Previdência for aprovada na Câmara dos Deputados.


Inicialmente, as Forças Armadas não passariam por nenhuma mudança. Atualmente, os militares se aposentam com salário integral, sem idade mínima e com 30 anos de contribuição.


 O Estado de S. Paulo

Comentários

PAULO VIÉGAS - 18/05/2017
CARO ZACARIAS FAÇO AQUI UMA PERGUNTA OS MILITARES SÃO ROBORES OU SÃO SERES HUMANOS IGUAIS AOS TRABALHADORES EXISTENTES NO PAÍS PORQUE TANTO PRIVILEGIO SE O BRASIL NÃO VAI A GUERRA NENHUMA COBRIRA O BRASIL COM UMA LONA ENORME E ESCREVERÁ POR CIMA O BRASIL MUDOU-SE MAIS SE UM DIA OS PARAQUEDISTAS VIEREM ATACAR O BRASIL NOS LIGAREMOS OS VENTILADORES BEM FORTES E MANDAREMOS OS PARAQUEDISTAS DE VOLTA AOS ARES NÃO É JUSTA UM INFELIZ QUE TODOS OS DIAS TRABALHE EM UMA OBRA TENHA MENOS PRIVILÉGIOS QUE OS MILITARES QUE SE ACUMULAM NAS CIDADES BRINCANDO DE MARCHA SOLDADO AI É PRA MATAR ESSES POBRE COITADOS DO TRABALHADOR BRAÇAL MAIS ESTAMOS NO BRASAL
renato - 18/05/2017
imagine um militar realizando tfm ou treinamento com 65 anos....sem logica!!!!
MAURICIO RODRIGUES - 18/05/2017
MILITARES QUANDO PASSAM DOS 40 ANOS FICAM TODOS BARRIGUDOS E SÃO DESLOCADOS PARA BANDA DE MÚSICA

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2016. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.