Notícias

Compartilhar Imprimir

Internacional

09/03/2019

No Sul da Flórida, cidade de 11 mil habitantes tem governo 100% LGBTI

Compartilhar:

Foto: Reprodução

Carro de polícia em Wilton Maners tem inscrição de

A pequena cidade de Wilton Manors, no Sul da Flórida, tem 11 mil habitantes, declara-se como a "segunda cidade mais gay dos EUA" no site oficial da prefeitura e é governada por uma comissão não-partidária formada por cinco membros LGBTI. Após as eleições americanas de meio de mandato, realizadas em 2018, a cidade se tornou uma das duas no país a ter todos os governantes abertamente LGBTI — no seu caso, prefeito, vice-prefeito e vereadores. Mesmo uma viatura de polícia utilizada para patrulhar as ruas da cidade é adornada com as cores do arco-íris, símbolo da diversidade sexual.

 

De acordo com o site americano "Vice News", o atual prefeito, Justin Flippen, já tinha sido eleito vice-prefeito no passado, tendo entre as prioridades a melhoria da infraestrutura de água e esgoto e a segurança dos bairros na pequena cidade. Além disso, Wilton Manors tem um histórico de lideranças LGBTI, como é apresentado pela prefeitura:

 

Veja também 

Mulher dá à luz sétuplos de forma natural e faz história no Iraque


"Há uma forte presença gay na Comissão da Cidade desde o final dos anos 80, quando a cidade de Wilton Manors teve a distinção de eleger a primeira autoridade abertamente homossexual do Condado de Broward, em 1988. No ano 2000, a Cidade de Wilton Manors fez história ao ter o segundo governo de maioria gay nos Estados Unidos: um prefeito gay, vice-prefeito e um vereador. A atual composição da Comissão da Cidade continua a refletir a diversidade da cidade com uma maioria gay e o equilíbrio formado por aliados LGBT + fortes" afirma o site oficial da cidade.

 

Ainda segundo a "Vice News", o atual prefeito garante que a comissão que governa a cidade é igual a todas as outras nos EUA, de forma a proporcionar programas sociais eficientes para seus moradores.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter.

 

— A polarização na política não é saudável para nós. Para seguir em frente, é preciso encontrar formas de união, produzir consenso e abraçar o progresso. Nós, povo americano, temos mais poder em construir um futuro brilhante, com o motor do progresso funcionando, que cair em uma estagnação — afirmou Flippen à "Vice News".

 

Com uma "grande porcentagem da população identificada como gay, lésbica, bissexual ou transgênero", a cidade tem uma parada do orgulho gay que atrai cerca de 15 mil pessoas por ano, vindas de todo o país.

 

Extra

Comentários

Caio Fabio - 09/03/2019
manda o JEAN Willis ir para lá dá o cu dele

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.