Notícias

Compartilhar Imprimir

Plantão Policial

11/01/2017

Pressionada, Adepol-AM desmente nota de sua própria autoria e volta a integrar movimento de policiais civis

Compartilhar:

Foto: Reprodução / Internet

Sandro Sarkis é o presidente interino da Adepol-AM

A Associação dos Delegados de Polícia do Estado do Amazonas (Adepol-AM) recuou e decidiu continuar integrando o movimento de policiais civis em defesa do pagamento da terceira parcela do escalonamento salarial da categoria.

 

Ontem, a Adepol-AM anunciou, em nota, que não participaria mais do movimento por entender que "uma paralisaçào dos delegados de polícia no momento traria prejuízo imediato à população amazonense".

 

Em nova nota, divulgada ontem à noite, a entidade nega que tenha emitido a nota anterior.

 

Veja também

Adepol-AM cai fora do movimento dos policiais civis: 'Greve traria prejuízo à população', diz entidade

 

"Isso é uma molecagem, vou me desfiliar da Adepol", disse um delegado ao PORTAL DO ZACARIAS, ao ser informado da nova decisão da Associação.

 

A Adepol-AM mente ao dizer que não emitiu a primeira nota. Emitiu, sim. E só voltou atrás porque foi pressionada pelas outras entidades que representam os policiais civis.

 

Veja a nova nota:

 

 

Comentários

Dr.Samuel Fodemberg - 11/01/2017 às 16:02
Só uma pergunta, este cidadão que disse que vai se desfilar da Adepol é delegado ou comissário. Tá mais para ser comissário.
Que covardes ! - 11/01/2017 às 17:33
Fez bonito o Delegado Costa e Silva ou o Capitão América como é conhecido no seio policial mas estes Delegados da Adepol mostrou seu oportunismo vampiresco sugando nossos irmãos nas sombras da noite, coisa de COVARDES ! Parabéns aos colegas que deram sua cara para bater publicamente contra um governo desmoralizado, velhaco, mentiroso, demagogo, imoral que não tem compromisso algum com o povo do Estado do Amazonas, principalmente com suas promessas de campanhas onde enganou a todos os policiais civis como também AOS COVARDES POLICIAIS MILITARES QUE SE ESCONDEM EM UMA FARDA CARCOMIDA PARA NÃO FAZEREM FRENTE, COM OS POLICIAIS CIVIS, CONTRA ESTE GOVERNO ATRELADO AO CRIME ORGANIZADO. Policial da Antiga muito PUTO.
De olho - 11/01/2017 às 18:55
O cara faz concurso público para funcionário publico, para fazer greve. E ainda ofende a outra categoria.Policial da antiga,vai criar galinha e tem titica de galinha na cabeca.A tua ignorância e truculência não tem mas lugar na sociedade.
JOAQUIM BARBOSA - 11/01/2017 às 20:55
A PM NAO FAZ GREVE COLEGA POR QUE NAO PODE.
Professor latino americano sem dinheiro no banco - 11/01/2017 às 22:27
Rapaz... dá até pra entender investigador e escrivão fazendo greve. Mas, delegado??! Os caras recebem quase o maior salário de delegado no Brasil! Sinceramente, isso é se aproveitar da piãozada pra engrossarem mais ainda seus salários. Isso beira a cretinice com o erário. Eu fui registrar um B.O na delegacia a noite e quem disse que tinha delegado, disseram que ele tava jantando. Janta demorada da porra, esperei que não aguentei.
walter azevedo - 11/01/2017 às 22:48
Grande Samuca, sempre aproveitando as oportunidades pra alfinetar kkk. So acho que o Melo, de forma sorrateira, vai jogar a sociedade contra a categoria da PC, especialmente neste momento caótico que passa a Seg. Publica no nosso estado. Esta rebelião veio,infelizmente, conspirar contra as pretensões da PC. Vamos la.
Jose Antonio - 11/01/2017 às 23:38
A questão não é em dar aumento ou elevar os gastos do Governo. Policiais Civis podem até ganhar bem...o que se questiona é a promessa do Governador para com as categorias...Tem lei, cumpra-se.......Ou foi só promessa pra angariar votos e se eleger?....
Jose Antonio - 11/01/2017 às 23:41
Aliás, no mérito da questão...Se não pode conceder aumento não prometa ou aprove leis só pra enganar a categoria....se tivesse aprovado lei de austeridade para ficar 5 anos sem concessão de aumento as categorias estariam até de boca fechada...realmente se aproveitou de um momento político favorável, atraindo os votos do servidor público estadual...agora, pensando em se candidatar para Senador em 2018, o Prof. José Melo vai ter que caminhar um pouquinho pra conquistar os votos da categoria dos funcionários do Estado.

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2016. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.