Notícias

Compartilhar Imprimir

Esporte no Amazonas

02/03/2019

Pronto para comprar casa própria, Diego Ferreira quer nova luta em breve e mira top 15 dos leves

Compartilhar:

Foto: Reprodução

Após vitória dominante contra Rustam Khabilov no UFC Praga, brasileiro vai seguir treinando e, mesmo sem adversário em mente, quer ser logo escalado novamente

A superioridade ao longo dos três rounds deu a Carlos Diego Ferreira uma série de motivos para comemorar. A vitória sobre Rustam Khabilov foi a quarta seguida no UFC, a melhor sequência do brasileiro no Ultimate.

 

E a bolsa do card, mesmo descontada em 20% por não ter batido o peso, vai ser suficiente para dar entrada na casa própria. Agora, o manauara quer outra luta o quanto antes, pra manter o financiamento do imóvel em dia e chegar ao top 15 do peso-leve.

 

Diego venceu Khabilov por decisão unânime dos árbitros. Foi melhor na luta em pé e escapou em todas as tentativas do russo de levá-lo para o jogo de chão.

 

Veja também
 
 

Ao soar do gongo no final do terceiro round, comemorou muito, certo da vitória por pontos. Imediatamente mandou um recado à esposa, a americana Ivonne, sobre o sonho que realizariam. O casal mora na casa da sogra dele em Pharr, no estado americano do Texas, há seis anos.

 

- Estou empolgado e mais feliz porque vou conseguir dar entrada numa casa. É um dos grandes sonhos da minha vida, falei com minha mulher quando entrei no UFC e agora finalmente vamos conseguir. Fiz todo o treino e superei todos os momentos difíceis pensando nisso. Não é por causa da minha sogra, é uma pessoa a quem eu devo muito, que sempre me ajudou e deu todo suporte para o meu sonho. Estou querendo sair da casa porque está crescendo a família, é pouco espaço - disse Diego ao Combate.

 

Diego foi derubado algumas vezes, mas em todas escapou

rapidamente — Foto: Getty Images

 

A entrada na casa nova será dada apesar do desconto na bolsa que Diego receberá pela participação no UFC Praga. Ele perderá 20% do pagamento por ter ficado uma libra (cerca de 400g) acima do peso limite da categoria leve (70,8kg), cravando 71,2kg. Sem lamentar, ele assumiu o erro e preferiu desculpar-se com a equipe e com os fãs.

 

- Calculei errado da minha parte, meu corpo bloqueou. Foi só uma libra, e as pessoas acham que é fácil, mas é super difícil. Peço desculpas ao meu técnico, aos meus fãs. Coisas acontecem por uma razão. Estou feliz pela vitória, porque tive uma boa performance. Esse era um dos meus maiores medos: não lutar só por causa de uma libra. Queria lutar pelos meus fãs e e pelas pessoas de Praga. Estou super empolgado para passear agora.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter.

A folga, no entanto, será extremamente breve. O brasileiro espera negociar o retorno ao octógono o mais rápido possível, mas não tem um adversário específico em mente.

 

- Já quero uma luta. O que ganhei nessa vai dar para dar entrada na casa, mas tenho que pagar a conta também no outro mês. Prefiro continuar treinando, não quero nenhum descanso. Espero entrar no top 15 em breve, estou muito ansioso por isso - disse o lutador, que ainda não tem ranking. 

 

SporTV

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.