Notícias

Compartilhar Imprimir

Internacional

07/02/2019

Uganda usa 'mulheres com curvas' como atração turística

Compartilhar:

Foto: AFP

Mulheres de Uganda

Grupos de ativistas manifestaram repúdio nesta quinta-feira, 7, a um campanha do governo de Uganda que transforma "mulheres com curvas" em atrações turísticas do país africano.


Detalhes da campanha foram revelados na quarta-feira, 6, pelo ministro do Turismo, Godfrey Kiwanda. Na coletiva de imprensa, o governo apresentou mulheres bem curvilíneas como símbolos da iniciativa.


"Uganda é bem-dotada de belas mulheres. A beleza delas é única e diversa. Por isso, decidimos usar essa beleza única e as curvas com produtos do país, ao lado da natureza, da língua e dos pratos típicos, e uma atração turística", disse Kiwanda.


Veja também

Convidado especial de Trump dorme durante discurso no Congresso e viraliza


O governo vai até realizar um concurso - Miss Curvilínea - em junho. A vencedora será o rosto e o corpo da campanha para atrair turistas.
A renúncia de Kiwanda foi pedida por ativistas.


"É uma perversão. Achar que as mulheres podem ser usadas como objetos sexuais nesta época é um absurdo", declarou Rita Aciro, diretora da entidade Uganda Women's Network.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter.


Primrose Nyonyozi Murungi, ativista e empresária ugandense, foi ainda mais incisiva no prostesto:


"Mulheres em Uganda têm sido atacadas nas ruas. O que acontece agora que o governo está confirmando o estereótipo de mulheres como objetos sexuais que podem ser tocadas como um produto turístico?"

 

Extra

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.