Notícias

Compartilhar Imprimir

Esportes

12/03/2019

Valentim segue em busca do 'camisa 10' ideal para o Vasco

Compartilhar:

Foto: Alexandre Neto / Photopress

Thiago Galhardo e Bruno César brigam por posição

Invicto na temporada e já tendo conquistado a Taça Guanabara, o Vasco tem tido um início de ano promissor.

 

Com apenas seis gols sofridos, é o time carioca menos vazado em 2019, junto do Fluminense, e o 6º entre os clubes que disputarão esta edição da Série A, ficando atrás apenas de Grêmio, com dois, e Palmeiras, Goiás, Cruzeiro e CSA, todos com cinco.

 

Porém, se defensivamente a equipe tem se ajustado, no ataque Alberto Valentim ainda vem fazendo novas experiências em busca da formação ideal. Nos últimos três jogos, o treinador fez escolhas distintas para uma posição em especial: o meia central.

 

 Veja também
 
 

Nome mais conhecido entre os reforços do Cruzmaltino para esta temporada, Bruno César foi titular e teve um bom desempenho nas partidas contra o Serra, pela Copa do Brasil, e o Botafogo, no Carioca.

 

Na rodada seguinte, contra o Boavista, o camisa 10 ganhou a companhia de Thiago Galhardo na articulação. E novamente se destacou.

 

Com dois apoiadores contra o clube de Saquarema, o Vasco teve o seu segundo maior volume de finalizações (16) e também de assistências para tentativas (14) no Carioca, ficando atrás apenas de sua estreia contra o Madureira, quando arrematou 26 vezes - 22 através de passes. Na ocasião, porém, os cruzamentos certeiros de Danilo Barcelos foram responsáveis pela alta quantidade, servindo nove vezes os seus companheiros.

 

Já contra o Boavista, quem liderou o fundamento foram Bruno César e Marrony, com três assistências cada. Foi do meia, inclusive, o passe para Rossi marcar o segundo gol na vitória por 2 a 0.

 

No clássico contra o Flamengo, no último fim de semana, no entanto, Valentim optou por escalar apenas Galhardo entre os titulares. E mesmo o time tendo finalizado as mesmas 16 vezes que no duelo anterior, somente 10 nasceram de assistências. Apenas uma dos pés do camisa 8.

 

Ainda em busca da definição da titularidade de seu principal jogador de criação - iniciou o ano com o jovem Dudu na posição -, o Vasco tem tido a média de assistências para finalização mais baixa entre os quatro grandes no Estadual. Segundo o Footstats, o time de São januário conclui somente 9,3 vezes por partida através de passes entre os jogadores. Com Bruno César atuando os 90 minutos, no entanto, esse número sobe para 10,5.

 

O 4-2-3-1, que muitas vezes se torna um 4-1-4-1 com a subida de Lucas Mineiro para a linha de criação, dificilmente será abandonado por Valentim, assim como a opção por apenas um meia mais centralizado e dois de velocidade mais abertos. Com isso, a vaga no meio parece mesmo ficar entre Thiago Galhardo e Bruno César. Resta saber quem será o escolhido do treinador.

 

BRUNO CÉSAR NO CARIOCA


- Dados do Footstats


6 jogos (3 como titular)


0 gols marcados


1 passe para gol


8 assistências para finalização (uma a cada 38 minutos em campo)


2 finalizações em gol


7 finalizações erradas


116 passes certos


15 passes errados


88,5% de aproveitamento nos passes


6 desarmes certos

 

THIAGO GALHARDO NO CARIOCA

 

 Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter.
 

- Dados do Footstats


7 jogos (5 como titular)


1 gol marcado


0 passes para gol


3 assistências para finalização (uma a cada 159 minutos)


?4 finalizações no gol


7 finalizações erradas


155 passes certos


23 passes errados


87,1% de aproveitamento nos passes


9 desarmes certos 

 

Lance

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.