Notícias

Compartilhar Imprimir

Política no Amazonas

13/03/2019

Wilker Barreto promete ir ao MP para solicitar investigação em caso de negligência e omissão de socorro por parte do governo de Wilson Lima

Compartilhar:

Foto: Reprodução

"Precisamos de gestão, comprometimento e responsabilidade”, destacou Wilker

O deputado estadual Wilker Barreto (PHS) protocolou requerimento solicitando investigação do Ministério Público do Amazonas (MPE-AM) sobre o caso negligência e omissão de socorro por parte do Governo do Amazonas em relação à saúde no Estado.

 

O anúncio da representação foi feito ontem, terça-feira, 12, no plenário da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam).


O pedido tem como base as fiscalizações feitas nos principais hospitais da capital, como é o caso do Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto (Adrianópolis), unidade que falta 60 medicamentos e 433 Produtos para a Saúde (PPS). Outro fato constatado nas unidades é a falta de leitos nos hospitais, que tem acarretado em mortes para a população no interior.


Veja também

Álvaro Campelo propõe PL que cria Carteira de Identificação para Pessoas com Deficiência


"Chegou o momento de agir. Durante um mês fui aos principais hospitais da capital. O que tenho constatado é que conforme visitava os hospitais, mais remédios faltavam. Isso é um absurdo. É fechar os olhos para a realidade, para a calamidade que está diante de todos nós. Quem garante que vidas não estão sendo perdidas por causa da falta de insumos nos hospitais. Precisamos de gestão, comprometimento e responsabilidade”, destacou Wilker.


Audiência Pública


No final da manhã de terça, 12, Wilker Barreto ainda participou da Audiência Pública com o secretário da Sefaz, Alex Del Giglio, e o controlador Alessandro Moreira. A reunião foi uma solicitação da Comissão de Assuntos Econômicos e o objetivo era que os gestores detalhassem a situação orçamentária do Estado. Mas segundo o Humanista, não foi o que ocorreu.


“Que venham para a Assembleia com as informações realmente. O que ficou transparente hoje aqui foi o que o controlador geral disse, ao ser claro que o Estado foi lento na questão dos processos licitatórios, principalmente naqueles relacionados à saúde. O controlador atestou o que venho falando por semanas”, frisou Wilker, ao comentar que em mais de dois meses de Governo, nenhum controle de gastos foi adotado para melhorar a vida financeira do estado.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter.


“Como eles querem ter reforma se não há medidas de austeridades. Eles até agora estão dizendo que está insolvente, mas querem montar grupo de trabalho que tem gastos. Ou seja, um governo desencontrado. Um quer enxugar e o outro está gastando”, disse.

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.