Correio do Zaca

Compartilhar Imprimir

05/06/2019 | 04:00

PRODUTORES JÁ PENSAM EM NOVA SÉRIE “KILLER RATINGS” PARA EXPLORAR O LADO POLÍTICO TENEBROSO DO CASO WALLACE SOUZA

Compartilhar:

Informações à coluna indicam que, impressionados com o incrível sucesso da série documental Bandidos na TV, “Killer Ratings” em inglês, os produtores do documentário já pensam em sequenciar a obra de excelente qualidade técnica que desnuda o caso Wallace Souza, ex-deputado estadual que conquistou altos índices de audiência na televisão explorando ocorrências policiais.


@@@


Com grande repercussão internacional, a série conta a luta de Wallace contra o crime organizado que não apenas lhe proporcionou votação histórica que o consagrou na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas, como também provocou desdobramentos políticos que levaram o apresentador do programa ‘Canal Livre’, da antiga TV Rio Negro, do céu ao inferno em pouco tempo.


@@@


O governador da época era o hoje senador Eduardo Braga, que, segundo alguns, teria muita coisa a explicar sobre os polêmicos fatos que ensejaram a cassação do mandato e a morte de Wallace. Dizem que os ingleses agora querem mergulhar seus tentáculos investigativos no pântano político da história que bombou no mundo inteiro e anda tirando o sono de barões do crime e de figurões da política local.


BASTIDORES QUENTES


A série Bandidos na TV, do Netflix, com direção de Daniel Bogado, ganhou um site para divulgação de conteúdo dos bastidores, personagens e outros conteúdos referentes à serie que relata o caso Wallace Souza. O site pode ser acessado pelo link: www.bandidosnatv.com.


@@@

 

O objetivo do site é reunir, em um só espaço, informações, curiosidades, bastidores, entrevistas e depoimentos, como forma de destacar a produção e direção dos envolvidos na série Bandidos na TV. O site, idealizado pela jornalista Hélida Tavares, possui uma paginação leve tanto para PC quanto mobile e tem versão português e inglês.


PIRATAS SEM LIMITES


Mais do que ousados, os piratas dos rios pintam e bordam no Alto Solimões, intimidando e assaltando pessoas não apenas nos rios, mas, agora, também em terra e em plena luz do dia.


@@@


Da tribuna da Assembleia Legislativa, o deputado Álvaro Campelo (PP) exibiu vídeo mostrando cenas de um assalto em terra dos piratas, no município de Tonantins, portando armas de grosso calibre. “Para piorar, eles usam lanchas muito rápidas que não têm como ser alcançadas pela polícia local”, disse o denunciante.


TRÍPLICE FRONTEIRA


Corroborando a denúncia de Álvaro, o deputado Belarmino Lins (PP) pediu ao Governo Federal providências urgentes com o objetivo de aumentar a vigilância na tríplice fronteira (Brasil/Colômbia/Peru), no Alto Solimões.


@@@


“Os assaltos realizados pelos piratas dos rios são constantes e o pânico toma conta da população, inclusive agricultores que perdem até seus remos no confronto com os bandidos”, afirma Belão.


CNJ APERTA


Para o deputado Serafim Corrêa (PSB), a decisão do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) de suspender a adesão do Tribunal de Justiça do Amazonas ao regime previdenciário estadual mostra a incoerência de um sistema maluco em que todos perdem.


@@@


Mas, quem vai perder mais com a inconstitucionalidade da previdência unificada será o próprio Estado, que ficará impossibilitado de tomar empréstimo, receber aval para obter recursos e receber dinheiro de emenda, vivendo apenas das transferências normais.


@@@


Inadimplente no Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias (CAUC), o Estado fica de mãos atadas.


LÍDERES FORTES NA ALEAM


Mesmo sem a presença da deputada Joana Darc (PL) em plenário, a defesa do governador Wilson Lima foi forte e bem orquestrada na sessão de ontem da Aleam.


@@@


A fúria dos oposicionistas Wilker Barreto (PHS) e Dermilson Chagas (PP) foi contrabalançada por intervenções unidas dos governistas Dr Gomes (PSC), Belarmino Lins (PP), Cabo Maciel (PL) e Saullo Vianna (PPS).


@@@


A tática se mostrou eficiente no primeiro embate entre oposição x governo logo após a definição de Joana Darc como nova líder de Wilson Lima no Parlamento Estadual.


FAKE NEWS


Segundo os parlamentares governistas, não passou de “fake news” a tentativa da oposição de imputar ao governador Wilson Lima a culpa pelo fechamento do Laboratório Reunidos, que atende pacientes renais crônicos.


@@@


“Tudo não passou de ‘fake news’, pois o governador já resolveu o problema referente à falta de pagamento do laboratório por parte do Estado na última sexta-feira”, explicou Dr Gomes, garantindo o saneamento de uma dívida estimada em R$ 185 mil. 

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.