Correio do Zaca

Compartilhar Imprimir

25/05/2019 | 17:00

PROJETO DE WILSON LIMA PODE QUEBRAR PARADIGMAS E ABRIR AS PORTAS DOS MERCADOS DO SUL AOS NEGÓCIOS DO AMAZONAS

Compartilhar:

Ao encaminhar projeto ao Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) visando a conclusão da BR-319 (Manaus-Porto Velho), o Governo do Amazonas pode dar um passo decisivo para, finalmente, o Estado abrir de verdade as portas para o futuro, conquistando pleno acesso aos mercados do Sul por via rodoviária. 

 

@@@

 

 O projeto do governador Wilson Lima deverá ser incluído no Plano Regional de Desenvolvimento da Amazônia (PRDA), garantindo financiamento seguro à empreitada. Trata-se de um sonho que, agora, com o arrojo de Wilson e seu vice, Carlos Almeida, terá tudo para tornar-se realidade. 

 

@@@

 

A comunidade empresarial passará a viver, a partir desta data, intensa expectativa com relação ao sucesso do projeto, inclusive pela boa vontade que o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, já demonstrou quanto ao velho tabu das barreiras ambientais à BR-319. Quebrado o tabu, a absurda burocracia estará superada, e o sonho sobre a mudança de paradigmas de desenvolvimento e a criação de novas alternativas de modelos econômicos para o Amazonas poderá ser concretizado. 

 

SHOW DE HADDAD

 

Apesar de paulista, o petista Fernando Haddad fez média com a Zona Franca de Manaus para criticar com dureza o governo Jair Bolsonaro e acirrar o ódio dos amazonenses às manifestações hostis do ministro da Economia, Paulo Guedes, ao modelo de desenvolvimento federal no Estado. 

 

@@@

 

Segundo ele, ao ignorar a ZFM Guedes mostra ser obtuso em economia, incapaz de perceber que sem incentivos fiscais o Polo de Componentes da ZFM não sobreviverá. 

 

DAVID VAI AO INTERIOR

 

Praticamente sagrado presidente estadual do Avante, o ex-deputado David Almeida percorrerá o interior nos próximos dias para fortalecer a legenda de olho no processo eleitoral de 2020.

 

@@@

 

David se diz firme em seu propósito de consolidar o Avante, transformando-o num partido forte no Estado.

 

ARTHUR E NEGÃO

 

Causou mil comentários e interpretações presenças de aliados do prefeito Arthur Neto (PSDB) e do ex-governador Amazonino Mendes (PDT) na solenidade de assinatura da ficha de filiação de David Almeida ao Avante, na noite de quinta-feira (23).

 

@@@

 

No evento pontificaram Luiz Alberto Carijó, secretário Extraordinário de Articulação Política de Arthur, o presidente da Câmara Municipal, Joelson Silva, e Conceição Sampaio, secretária municipal de Assistência Social e Direitos Humanos de Manaus.

 

@@@

 

O empresário Orsine Júnior, ex-presidente da Amazonastur e um dos mais principais assessores de Amazonino Mendes, também prestigiou a festa de filiação.

 

GENERAL DO AMAZONAS

 

Ex-Comandante Militar da Amazônia, o general Eduardo Villas Bôas deverá ser agraciado com a cidadania do Amazonas, conforme projeto da deputada Alessandra Campêlo (MDB), aprovado pela Assembleia Legislativa.

 

@@@

 

Respeitado nas fileiras do Exército, o general anda batendo de frente com o maior guru do Bolsonarismo, Olavo Carvalho, que mora na Virgínia, Estados Unidos, de onde lança petardos contra todos os críticos do Governo Federal.

 

@@@

 

“O Olavo presta enorme desserviço ao país" e está agindo "com total desrespeito aos militares e às Forças Armadas", disse Villas Bôas recentemente a O Globo, classificando Olavo de “Trótski de direita”.

 

CAMPEÃO DE NEPOTISMO

 

Na malha fina do TCE-AM, o prefeito de Atalaia do Norte, Nonato Tenazor (PDT), é o campeão de nepotismo no interior do Amazonas, de acordo com o Portal da Transparência do município (www.transparenciamunicipalam.com.br).

 

@@@

 

Apenas no ano de 2013 ele empregou 52 parentes na Prefeitura local.

 

COAF LONGE DE MORO

 

Mesmo com risco de a Medida Provisória 870 perder a validade, senadores da base aliada vão tentar devolver o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) para o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

 

@@@

 

Se os senadores modificarem o texto, a proposta terá de voltar para Câmara dos Deputados e corre o risco de caducar, pois a MP da reforma administrativa vence em 3 de junho.

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.