NOTÍCIAS
Plantão Policial
18/02/2020

Acusado de matar a namorada em apartamento no centro de Manaus aparece aos prantos em novo vídeo divulgado nesta terça-feira. VEJA AS IMAGENS

Compartilhar:
Foto: Divulgação

"Sapinho" pode ter simulado o desespero para disfarçar o crime que tinha acabado de cometer

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) continua investigando e realizando diligências para prender o usuário de drogas Nazareno da Silva, vulgo “Sapinho”.


"Sapinho" é acusado de matar a namorada Eline Monique, 18, com fortes golpes na cabeça durante a madrugada do último domingo, 16, em um hotel do centro de Manaus.


Na última segunda-feira, 17, foi divulgado um vídeo em que “Sapinho” e a namorada estão alugando um apartamento no Hotel Sun, situado na Rua José Paranaguá.

 

Veja também

 

Este é ‘Sapinho’, o principal suspeito de assassinar Eline Monique, de 18 anos, em um quarto de hotel no Centro de Manaus. Ela foi morta com pauladas na cabeça. VOCÊ SABE ONDE ELE ESTÁ?VEJA VÍDEO!


Mulher é encontrada morta em apartamento de hotel no Centro de Manaus. VEJA VÍDEO


Nesta terça-feira, 18, um novo vídeo foi divulgado e desta vez “Sapinho” aparece na recepção do hotel chorando e gritando que Eline Monique havia cometido suicídio.


A funcionária da recepção do hotel pede que “Sapinho” se acalme, enquanto ele supostamente simula que está em total desespero.

 

Funcionária do hotel pede que o homem se acalme e em seguida ele

foge quando ela diz que vai chamar a polícia (Foto: Divulgação) 


Para a polícia e para a equipe da perícia criminal que estiveram no apartamento onde a jovem ainda foi encontrada com vida, Eline Monique, não cometeu suicídio e sim, foi assassinada.


Após o momento que “Sapinho” aparece desesperado nas imagens do vídeo gravado pela câmera de segurança do Hotel Sun, ele saiu correndo do local e não mais apareceu.

Para a polícia os gestos, gritos e choros de desespero de "Sapinho" na recepção do hotel foi tudo "um teatro. uam encenação" pragticada por eles antes de fugir do local do crime.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatsApp.


A investigação está a cago da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) onde o delegado Guilherme Antoniazzi preside o inquérito policial.


O número 181 da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas está à disposição da população para informações sobre o paradeiro do usuário de drogas acusado de assassinato.

 

VEJA VÍDEO:

COMENTÁRIOS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.