Notícias

Compartilhar Imprimir

Esportes

14/06/2019

Advogado diz que Najila Trindade estava dopada quando acusou polícia de estar 'comprada'

Compartilhar:

Foto: Foto: Reprodução/Record TV

Najila Trindade acusa Neymar de estupro

 O advogado de Najila Trindade, afirmou em entrevista ao 'Uol Esporte' que a modelo estava dopada durante a entrevista ao SBT, quando disse que a polícia civil, que investiga a acusação de estupro contra Neymar, poderia estar 'comprada' ou ela estaria 'louca'. Após a afirmação da modelo, a corporação abriu um boletim de ocorrência por difamação contra Najila.

 

- A declaração gerou uma polêmica, mas ela não teve a intenção de ofender ninguém. Ela não afirma, ela faz uma pergunta. E na entrevista que ela deu para o Cabrini ela estava dopada. Dá para ver que ela estava fora de si. Mas se alguém se sentiu ofendido, ela pede desculpas. E ressalta que foi muito bem tratada pela polícia em todos os momentos e tem uma relação muito boa - afirmou o advogado.

 

Veja também

Advogado diz que palavras de Najila são 'quase absolutas' e que 'quem precisa se defender é o acusado'


Cosme disse ainda que pediu para que Najila gravasse um vídeo explicando o contexto da gravação da entrevista ao SBT com o objetivo de fazer as pazes com a corporação. Na entrevista, a modelo afirmou que teve seu apartamento arrombado. Roberto Cabrini questionou dizendo que a polícia periciou o local e achou apenas impressões digitais dela e da empregada. Najila, então, questionou que a polícia poderia estar 'comprada', possivelmente, para beneficiar Neymar no caso.

 

Nesta semana, o advogado de Najila Trindade, Cosme Araújo Santos, que assumiu o caso recentemente após a saída de Danilo Garcia de Andrade do caso, afirmou que sua cliente não precisa apresentar provas e quem precisa apresentar provas é Neymar, que está sendo acusado.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter.

 

Lance!

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.