Notícias

Compartilhar Imprimir

Internacional

06/06/2019

Ao lado de Macri, Bolsonaro pede 'responsabilidade' e 'razão' a eleitores argentinos

Compartilhar:

Foto: Foto: Juan MABROMATA / AFP

Bolsonaro se reúne ainda hoje com a cúpula do Congresso argentino e também com o presidente da Suprema Corte de Justiça do país.

 Em declaração ao lado do presidente da Argentina, Maurício Macri, o presidente Jair Bolsonaro pediu "responsabilidade" e "razão" aos eleitores argentinos que vão às urnas em outubro deste ano para escolher seu próximo mandatário.

 

O brasileiro realiza nesta quinta uma viagem de Estado ao país vizinho, onde será recebido também por representantes do Judiciário e Legislativo local. É a primeira viagem de Bolsonaro a Buenos Aires desde que tomou posse. Em janeiro deste ano, Macri, candidato à reeleição, esteve em Brasília.

 

Veja também

Em protesto, 125 pessoas surgem nuas na sede do Facebook em Nova York. CONFIRA


México define limite sobre asilo antes de negociações com os EUA

 

“Eu conclamo o povo argentino. Que Deus abençoe a todos eles, porque terão pela frente agora, no mês de outubro, eleições. E todos têm que ter, assim como no Brasil grande parte teve, muita responsabilidade, muita razão e menos emoção para decidir o futuro desse país maravilhoso que é a Argentina”, disse Bolsonaro.

 

“Então, que Deus abençoe o povo argentino nesse momento que se aproxima para que possa escolher o melhor, porque, dessa forma, teremos paz, prosperidade e alegria entre nossos povos”, afirmou o presidente.

 

 

Bolsonaro tem manifestado reiteradas vezes que apoia a reeleição de Macri. A principal chapa oponente é a composta pela ex-presidente Cristina Kirchner. O brasileiro costuma dizer que, se a chapa de Cristina vencer, a Argentina se tornará uma "nova Venezuela".

 

Cristina Kirchner anunciou em 18 de maio que disputará as eleições como candidata a vice-presidente na chapa encabeçada por Alberto Fernández, chefe de gabinete do ex-presidente Néstor Kirchner, marido de Cristina e que morreu em 2010.

 

Fotos: Agustin Marcarian/Reuters

 

Nesta quinta, Bolsonaro disse ainda que “toda a América do Sul está preocupada” com o suposto surgimento de novas venezuelas.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter.

 

“Acho que toda a América do Sul está preocupada que não tenhamos novas venezuelas na região. Devemos nos preocupar e tomar decisões concretas nesse sentido, cada vez mais unindo nossos povos, buscando cada um seu potencial de forma emanada para que o progresso e a paz cada vez mais reine entre nós”, afirmou o presidente brasileiro.


G1

Comentários

wado - 08/06/2019
Quem é o pior

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.