Notícias

Compartilhar Imprimir

Política no Amazonas

10/06/2019

Câmara atualiza instrumentos de gestão documental para facilitar acesso à informação

Compartilhar:

Foto: Divulgação

A aplicação desses instrumentos garante a simplificação dos procedimentos

A Câmara Municipal de Manaus (CMM) está atualizando os instrumentos de gestão de documentos para depois regulamentar o plano de classificação e a tabela de temporalidade de documentos.

 

O trabalho está sendo coordenado pela gerente do Arquivo Central da Casa, Paola Oliveira, que na sexta-feira (7/6), durante reunião de diretoria, apresentou o modelo de gestão documental que será adotado e ações que serão desenvolvidas.

 

De acordo com o presidente da CMM, vereador Joelson Silva, o objetivo é atualizar os instrumentos de gestão documental e depois regulamentar o plano de classificação e a tabela de temporalidade de documentos, para que efetivamente a Câmara Municipal de Manaus possa cumprir com as normas do Conselho Nacional de Arquivos (Conarq) e da administração pública.

 

Veja também

Caravana da Criança atende mais de 1.000 pessoas em Autazes

Polícia confirma que corpo encontrado na Dinamarca é de jornalista desaparecida

 

“A aplicação desses instrumentos garante a simplificação dos procedimentos, dá maior agilidade e precisão na recuperação e eliminação de documentos e informações e ainda a preserva documentos que são de guarda permanente, como fontes importantes para a pesquisa e para a preservação da memória institucional”, justificou.

 

Foto: Divulgação

 

A gerente do Arquivo Central da CMM, Paola Oliveira, explicou durante a apresentação que o modelo de gestão adotado é o mesmo implantado na Câmara Municipal de Barueri, município da Grande São Paulo (SP), que é referência nacional na elaboração de plano de classificação e a tabela de temporalidade.

 

Segundo Paola Oliveira, o processo de organização documental da Câmara de Manaus foi iniciado no final passado e avançou até a inauguração do Arquivo Central, entretanto, não havia um modelo de gestão, o que dificultava muito a atividade dos servidores da área, foi então que ela recebeu a missão do presidente Joelson Silva de dá sequencia ao trabalho. “O modelo implantado no legislativo de Barueri foi desenvolvido pela Casa em parceria com o Arquivo Público do estado de São Paulo e é referência para o legislativo de todo Brasil”, afirma a servidora que esteve no município paulista conhecendo o trabalho da Comissão de Avaliação de Documentos e Acessos da Câmara Municipal de Barueri.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter.

 

“A regulamentação vai nortear a gestão de documentos, consequentemente, facilitar o acesso à informação, tanto internamente quanto para sociedade”, garante Paola Oliveira.

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.