Notícias

Compartilhar Imprimir

Política

07/06/2019

Na Argentina, Bolsonaro fala em criar o 'peso real'. Maia ataca proposta, e Guedes diz que moeda comum é só uma ideia

Compartilhar:

Foto: Reprodução

Segundo ele, projeto poderia vingar em 20 anos. Ministro argentino veio ao Rio conversar sobre projeto, segundo fontes

O ministro da Economia, Paulo Guedes , afirmou no final da noite desta quinta-feira, em Buenos Aires, que a ideia de criar uma moeda comum na região , chamada pelo próprio presidente Jair Bolsonaro de “ peso real ”, por enquanto, é somente uma ideia.

 

Guedes disse que “isso é algo que poderia acontecer em um prazo de 20 anos” e que ele mesmo vem defendendo essa possibilidade desde a década de 80.

 

A ideia, segundo fontes, vem sendo discutida pelos governos do Brasil e da Argentina há pelo menos dois meses e tem gerado forte entusiasmo na Casa Rosada, em um momento difícil para o presidente Mauricio Macri, em campanha para tentar sua reeleição.

 

O ministro da Fazenda argentino, Nicolás Dujovne, chegou a vir ao Rio em abril para buscar apoio político a Macri e conversar sobre a moeda única.

 

Veja também

Onde está o inimigo?, pergunta o sociólogo Lúcio Carril, em artigo sobre a luta de classes. Vale a pena ler

 

Segundo fontes, uma das primeiras conversas entre interlocutores de Brasil e Argentina sobre o 'peso real' ocorreu nos Estados Unidos, durante uma reunião no Fundo Monetário Internacional (FMI). A primeira reação de ministros do gabinete de Macri teria sido de certo ceticismo, mas com o passar do tempo e o agravamento da crise econômica argentina, a Casa Rosada teria ficado interessada na ideia.

 

BC do Brasil: não há estudos


O governo argentino, disseram outras fontes locais, vê a criação de uma moeda comum como uma ferramenta que poderia dar estabilidade financeira ao país e até mesmo ajudar Macri a melhorar sua imagem e suas chances de conquistar um segundo mandato.

 

No fim da noite desta quinta-feira, o Banco Central brasileiro divulgou nota explicando que as conversas entre os dois países são incipientes. Segundo fontes, a nota foi redigida às pressas, para evitar reações precipitadas após as declarações de Bolsonaro.

 

"O Banco Central do Brasil não tem projetos ou estudos em andamento para uma união monetária com a Argentina. Há tão somente, como é natural na relação entre parceiros, diálogos sobre estabilidade macroeconômica, bem como debates acerca de redução de riscos e vulnerabilidades e fortalecimento institucional", diz o comunicado.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter. 

 

Guedes é cauteloso sobre o assunto e diz apenas que a ideia foi bem recebida pelos empresários argentinos. Mas para o Brasil ainda é cedo para falar em prazos e existem outras prioridades, entre elas e com destaque a aprovação da reforma da Previdência.

 

Alemanha do Mercosul


O ministro brasileiro fala sobre a redução do número de moedas fortes no mundo há mais de duas décadas. Guedes sempre defendeu essa tese e hoje considera que uma moeda comum na região seria um projeto interessante, no longo prazo.

 

Na avaliação do governo brasileiro, apontaram outras fontes, se a Argentina conseguir equilibrar suas contas internas e Macri for reeleito, haveria um cenário propício para pensar seriamente nessa opção da moeda comum. E, nesse cenário, o Brasil de Bolsonaro, disseram as mesmas fontes, se vê como uma espécie de Alemanha do Mercosul.

 

- O interesse dos argentinos aumentou muito, mas é preciso ir com calma – disse uma fonte brasileira.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter. 

 

Em um post no Twitter, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), criticou a proposta de moeda única. Maia questionou se a medida não desvalorizaria o real e traria a inflação de volta ao Brasil.

 

Há pouco mais de um mês, o ministro da Fazenda argentino, Nicolás Dujovne, fez uma visita relâmpago ao Rio para conversar com Guedes. O dólar tinha disparado novamente na Argentina e na época o ministro brasileiro expressou seu respaldo e confiança na gestão do governo argentino.

 

O Globo 

Comentários

Daniel Lourenco - 08/06/2019
Por que nao real peso?

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.