Notícias

Curiosidade

Confira 7 coisas que você não sabia sobre os bastidores do filme do Doutor Estranho

Compartilhar:

Foto: 7 coisas que você não sabia sobre os bastidores do filme do Doutor Estranho

Com efeitos visuais feitos para rivalizar com qualquer produção moderna e um elenco estelar incluindo nomes como Benedict Cumberbatch, Benedict Wong e Tilda Swinton, o filme ‘Doutor Estranho’, de 2016, serviu como um verdadeiro portal emissor de uma das mais novas, emocionantes e promissoras franquias solo do Universo Cinematográfico Marvel (MCU).



Agora que o arco da história do personagem Tony Stark chegou ao seu fim, provavelmente haverá um papel maior para Stephen Strange no MCU daqui para frente, à medida que ele observa o tecido do universo. De fato, o diretor Scott Derrickson já era incrivelmente apaixonado pelo Mago Supremo antes mesmo de conseguir levar a história da origem do personagem para as telonas.

 

Pensando nisso, listamos aqui alguns fatos místicos sobre os bastidores de ‘Doutor Estranho’ que todo fã deveria conhecer. Confira!

 

Veja também

 

Versão pornô de 'Coringa' ganha imagens bizarras. VEJA

Confira 6 filmes que todo fã de Game of Thrones deveria assistir

 

7. A cinematografia foi inspirada na animação ‘Fantasia’

 

 

Por mais incrível que possa parecer, o diretor de fotografia Ben Davis afirmou que uma das maiores influências usadas na cinematografia de ‘Doutor Estranho’ foi a animação ‘Fantasia’, lançada pela Disney no ano de 1940. Davis explicou como ‘Fantasia’ inspirou o estilo visual de ‘Doutor Estranho’ dizendo: “A animação tem um fundamento muito psicodélico… e eu aproveitei isso, eu acho, quando estava conversando com a Marvel sobre a produção do filme”.

 

O produtor Kevin Feige disse que a concepção da magia no MCU também foi influenciada pela trilogia ‘Matrix’, bem como pelos trabalhos dos cineastas Hayao Miyazaki e Stanley Kubrick.

 

6. Um astrofísico real trabalhou no filme

 

 

Na tentativa de aproximar a ficção da realidade, a Marvel Studios chegou a contratar um astrofísico chamado Adam Frank para trabalhar como consultor científico em ‘Doutor Estranho’. Na prática, ele ajudou os cineastas a descobrir como retratar seres humanos passando por mudanças no tempo e no espaço.


Frank até sugeriu algumas linhas de diálogo e determinados pontos de vista para os personagens. Já as cenas de afetar a realidade nas quais as cidades são dobradas, espelhadas e distorcidas foram influenciadas pela arte matemática de M.C. Escher.

 

5. O uso massivo da computação gráfica fez com que Mads Mikkelsen ficasse confuso em algumas cenas

 

 

Mads Mikkelsen, mais conhecido como o vilão Kaecilius, disse que, enquanto estava filmando algumas cenas do filme, ele chegou a perder a noção do que estava acontecendo ao seu redor, pois havia muitos efeitos de computação gráfica e telas verdes envolvidas, especialmente nas cenas ambientadas na Dimensão Espelhada.

 

Outro fato curioso com relação à Mikkelsen é que ele é o terceiro ator da Marvel a interpretar Hannibal Lecter, sendo que os dois anteriores foram Brian Cox, de ‘X-Men 2’, e Anthony Hopkins, da trilogia Thor. No caso de Mikkelsen, ele interpretou o psiquiatra canibalista em uma série da NBC.

 

4. O filme tem algumas referências do Pink Floyd

 



Há uma tonelada de referências à banda Pink Floyd escondidas em ‘Doutor Estranho’. Por exemplo, quando Strange decide qual relógio usar, a música “Interstellar Overdrive” pode ser ouvida na trilha sonora. Além disso, quando ele termina com Christine, ele aparece vestindo uma camiseta com a capa do álbum solo de Syd Barrett, ‘The Madcap Laughs’.

 

No entanto, o mais incrível de tudo é que as referências são recíprocas: o álbum ‘A Saucerful of Secrets’ do Pink Floyd inclui imagens do próprio Mago Supremo, retiradas da edição #158 da série de quadrinhos ‘Strange Tales’, além de fazer uma referência ao personagem na letra de “Cymbaline”.

 

3. Morgan Freeman chegou a ser considerado para o papel do Ancião

 

 

O Ancião é um homem asiático nos quadrinhos, então a decisão da Marvel de escalar uma mulher branca (Tilda Swinton) no papel acabou gerando muito controvérsia. De fato, alguns críticos consideraram a escolha como um exemplo do suposto processo de “branqueamento” que ocorre em alguns setores da indústria cinematográfica.

 

No entanto, o raciocínio de Kevin Feige e Scott Derrickson para tal mudança é que eles não queriam que o personagem aderisse aos estereótipos asiáticos, embora fosse possível criar um personagem asiático que não carregasse tais estereótipos. De fato, antes de decidir tornar o personagem uma mulher celta, atores como Morgan Freeman, Bill Nighy e Ken Watanabe chegaram a ser considerados.

 

2. Originalmente, a irmã de Strange, Donna, iria aparecer no filme

 

 

Nas histórias em quadrinhos, a morte da irmã mais nova de Stephen Strange, Donna, foi o que o inspirou a entrar no campo da medicina e a se tornar um médico cirurgião. Pouca gente sabe, mas a ideia inicial dos produtores era que isso também fosse retratado no filme, tanto é que a jovem atriz Lulu Wilson foi escalada para interpretar Donna e até chegou a participar das filmagens de algumas cenas.



No entanto, como o corte das cenas para a montagem do filme havia se tornado um processo mais complexo que o esperado, sem falar que havia preocupações com a duração do filme, todas as cenas com sua participação foram cortadas, o que deixou um tanto ambíguo o motivo pelo qual Strange se tornou médico.

 

1. Benedict Cumberbatch quase não conseguiu o papel de protagonista do filme

 

Fotos: Reprodução

 

Benedict Cumberbatch sempre foi a principal escolha dos produtores para o papel de Stephen Strange no Universo Cinematográfico Marvel, mas o que pouca gente sabe é que ele quase teve que recusar a oferta, pois ele estava muito comprometido em interpretar Hamlet nos teatros na mesma época em que as gravações de ‘Doutor Estranho’ estavam marcadas para começar.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram. 
Entre no nosso Grupo de WhatsApp.

 

A opção alternativa analisada pelos produtores do filme foi Joaquin Phoenix, mas ele logo recusou o papel, pois relutava em assumir o compromisso de fazer os vários filmes exigidos pela Marvel. Foi só quando a data de lançamento de ‘Doutor Estranho’ foi adiada de julho de 2016 para novembro do mesmo ano que Cumberbatch foi capaz de participar das filmagens e assumir definitivamente o papel do Mago Supremo.

 

Tri Curioso

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Email:

Mensagem:

Leia também

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.