Notícias

Esportes

Em jogo de superação, Fortaleza arranca empate com o Galo no Horto

Compartilhar:

Foto: O time mineiro estava ganhando por 2 a 0, o que lhe daria a terceira colocação no Brasileiro, mas cedeu o empate para a equipe de Rogério Ceni

O duelo entre Atlético-MG e Fortaleza terminou em um empate por 2 a 2, gols de Juninho, contra e a favor do Tricolor, Cazares, para Galo, e Carlinhos encerrando o placar. A partida no horto foi um jogo de reviravoltas. O Galo saiu na frente por 2 a 0, mas cedeu o empate no segundo tempo, graças a um empenho enorme dos cearenses, que não deixaram de buscar o resultado, mesmo jogando fora de casa e também, pela desatenção alvinegra, que não soube administrar o resultado parcial para ficar com os três pontos. 

 

O resultado foi ruim para os mineiros, pois caso vencessem, subiria uma posição na tabela, e chegaria ao terceiro lugar na classificação do Brasileiro. Para o Tricolor, a igualdade foi ótima, pois voltou para casa com um ponto que nem estava nos planos iniciais do time nordestino.

 

Veja também 

 

Athletico goleia o CSA com os reservas e comemora a primeira vitória fora de casa no ano

 

Veja fotos dos looks poderosos da personagem Jô, da novela 'A Dona do Pedaço', durante os ensaios Sensuais. VEJA

 ?

Início avassalador do Atlético-MG

 

Resultado de imagem para Fortaleza arranca empate com o Galo no Horto

Com menos de 20 minutos de jogo, no primeiro tempo, o Galo já estava vencendo por 2 a 0 , gols de Cazares e um contra do volante Juninho. O resultado parecia que encaminharia uma goleada atleticana, ou mesmo uma administração do placar par garantir os três pontos no Horto. Mas, o que se viu, foi outra história.

 

Desatenção e reação do Fortaleza

 

Se no primeiro tempo os cearenses tiveram azar no gol contra de Juninho e um placar desfavorável, na etapa final, a equipe de Rogério Ceni voltaram ligados, focados e foram em busca do empate no Independência. De um jogo com desenho todo a favor do Atlético-MG, a partida se transformou em uma grande confusão, graças a confusa arbitragem, o pouco futebol dos mineiros e uma aplicação do Fortaleza, que não desistiu de tentar sair de BH com um ponto na bagagem.

 

Arbitragem confusa e dois pênaltis perdidos

 

Resultado de imagem para Fortaleza arranca empate com o Galo no Horto

Fotos: Reprodução

 

A árbitra Edina Alves Batista teve um primeiro tempo tranquilo no seu trabalho, já que os dois times não estavam causando problemas. Porém, no segundo tempo, a condução do jogo ficou confusa por parte da paulista, que marcou um pênalti para o Fortaleza com o VAR, mas sem muita convicção.

 

Ela foi muito pressionada pelos jogadores por suas decisões, o que parece ter surtido efeito. Alguns minutos depois, perto dos 33 minutos da etapa final, Edina marcou outro pênalti, desta vez para o Galo. Alerrandro foi para a cobrança, perdeu a penalidade, defendida por Felipe Alves. Mas, a árbitra mandou voltar, alegando que o goleiro do Fortaleza se adiantou.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter.

 

Nova confusão. Muita pressão, mas a penalidade foi retornada, com nova perda, desta vez, com Luan desperdiçando a nova cobrança. O Maluquinho do Galo foi muito vaiado pela torcida, algo raro nesses anos em que veste a camisa atleticana.

 

Lance

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Email:

Mensagem:

Leia também

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.