Notícias

Esportes

Santos abre 3 a 0, mas cede empate ao Fortaleza e tem liderança ameaçada

Compartilhar:

Foto: Jorge comemora golaço em Santos x Fortaleza

O Santos cedeu um empate incrível ao Fortaleza na tarde deste domingo, na Vila Belmiro, e pode perder a liderança do Campeonato Brasileiro para o Flamengo. Depois de abrir de 3 a 0 no primeiro tempo, o Peixe permitiu que o Leão mostrasse toda sua força e buscasse um 3 a 3 heroico. O resultado pode custar ao Santos a liderança da competição. Se o Flamengo vencer o Ceará fora de casa, assumirá a ponta da disputa. Os gols do Peixe foram marcados por Marinho, Jorge e Eduardo Sasha, todos no primeiro tempo. Wellington Paulista fez os dois primeiros do Leão, já na etapa final, e Tinga buscou o empate.

 

Como fica


Com o empate, o Santos foi a 33 pontos e se manteve, ao menos momentaneamente, na liderança do Campeonato Brasileiro, três pontos à frente de Flamengo (que visita o Ceará na noite deste domingo), Palmeiras (que teve o jogo contra o Fluminense adiado para o dia 10 de setembro) e São Paulo (que perdeu para o Vasco). Se o Flamengo vencer o Ceará, porém, o Santos cairá para segundo. O Fortaleza, com 18 pontos, ficou em 15°.

 

Veja também

 

Super reforçado, Flamengo não tem mais atleta da base titular em formação ideal

 

 

Em busca do topo, Flamengo visita o Ceará, contra quem foi líder pela última vez

 

Próximos jogos


No próximo fim de semana, o Santos visita a Chapecoense na Arena Condá. O jogo será sábado, às 19h. Um dia depois, o Fortaleza recebe o Goiás às 16h no Castelão.

 

O primeiro tempo


O Santos começou o jogo frenético. Com Marinho voando pela direita e Soteldo disparando pela esquerda, foi necessário apenas um minuto para sair o primeiro gol. A bola foi de Jorge para Evandro, de Evandro para Sasha, de Sasha para Marinho, de Marinho para o gol. A vantagem cresceu pouco depois, aos 9 minutos, quando Jorge mandou uma pancada em rebote de fora da área. Golaço. O Fortaleza, zonzo com a intensidade do adversário, pouco conseguia atacar – e acabou levando o terceiro aos 31, depois de o Santos desperdiçar boas chances. Sasha recebeu em profundidade e deslocou o goleiro. A arbitragem anulou o lance, marcando impedimento, mas depois confirmou o gol no VAR.

 

Marinho, Santos x Fortaleza, Vila Belmiro

 

Foto: LUIS MOURA/WPP/ESTADÃO CONTEÚDO

 

O segundo tempo


Com Felipe Pires no lugar de Romarinho, o Fortaleza conseguiu se soltar mais no segundo tempo e passou a encarar o Santos. Aos 14 minutos, chegou ao gol, em pênalti de Aguilar sobre Edinho – que o árbitro só percebeu ao checar o lance no vídeo. Wellington Paulista bateu bem e descontou. Mas a reação não parou aí. Aos 22, Carlinhos se esforçou, conseguiu ficar com a bola e ainda encontrou Wellington Paulista livre na área. O centroavante marcou mais um e recolocou de vez o Fortaleza no jogo. O Santos tentou reagir, Sampaoli tirou Carlos Sánchez e Jean Mota do banco, mas o time da casa não conseguiu recuperar o rendimento do primeiro tempo. Mesmo sem ser pressionado, o Peixe conviveu com o risco de ceder o empate até o fim, especialmente por culpa de seus defensores, atrapalhados em alguns lances. Até que o castigo veio aos 49, com Tinga: um 3 a 3 impressionante na Vila.

 

Wellington Paulista faz dois gols na reação do Fortaleza

Foto: Ivan Storti/Santos

 

Partidaça de Jorge no primeiro tempo


A vitória do Santos no primeiro tempo passou pela qualidade de Jorge. Recém-convocado por Tite para a seleção brasileira, o lateral-esquerdo participou da jogada do primeiro gol, marcou o segundo (um golaço) e fez o lançamento para Eduardo Sasha anotar o terceiro. E disse que vive as semanas mais felizes da vida dele.

 

Reação de Wellington Paulista no segundo tempo


Já o segundo tempo foi de Wellington Paulista. A reação do Fortaleza passou pelos pés do jogador. De pênalti, ele marcou o primeiro gol do Leão. E depois, como centroavante, fez o segundo, aproveitando bom cruzamento de Carlinhos.

 

É o amor


Titular pela primeira desde a volta da Copa América, Marinho fez o primeiro gol do Santos e comemorou com um beijo na esposa, Francielle Zimmer, subindo na tela que separa o campo do público.

 

Marinho beija a esposa

 

Foto: GUILHERME DIONíZIO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO

 

 Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

 

VAR em ação


O árbitro de vídeo foi decisivo em quatro lances na partida. No primeiro tempo, o gol de Eduardo Sasha foi inicialmente anulado em campo, com marcação de impedimento, mas o VAR confirmou que a posição era legal. Na etapa final, a arbitragem anulou gol de Soteldo, novamente por impedimento, e desta vez o VAR confirmou a marcação – percebendo que Eduardo Sasha estava em posição irregular ao receber de Evandro. Logo depois, o árbitro foi ao vídeo e marcou pênalti a favor do Fortaleza – de Aguilar em Edinho. E, no fim, o Santos reclamou de falta na origem da jogada do gol de empate do Fortaleza, mas a arbitragem confirmou gol legal após orientação do árbitro de vídeo. 

 

Globo Esporte

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Email:

Mensagem:

Leia também

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.