Notícias

Curiosidade

Versão pornô de 'Coringa' ganha imagens bizarras. VEJA

Compartilhar:

Foto: ‘Coringa’: Versão pornô ganha imagens bizarras

‘Coringa‘ vai ganhar uma versão pornô desenvolvida pela produtora JAV e a estreia acontece em 19 de fevereiro. A famosa atriz japonesa Yui Hatano vive uma versão feminina para adultos do supervilão, dando à história de origem do Coringa o tratamento pornô de ação ao vivo.


Fotos do filme mostram Hatano, 31 anos, dançando escada abaixo, como na cena icônica do original. No entanto, nesta versão, Fleck está vestidapara o romance; ostentando uma mini-saia e meias vermelhas.

 

Em outras fotos, Hatano – que já atuou em mais de 2.000 filmes para adultos – pode ser vista desfrutando de alguns momentos íntimos com um personagem sem nome que parece estar usando luvas de couro preto e uma capa (Talvez Batman?).

 

Veja também

 

Bizarro! Beber sangue de criminosos já foi uma terapia muito comum. VEJA

 

'Eles me estupraram e postaram o vídeo do crime em um site pornô', conta jovem estuprada aos 14 anos

 

 

 

Anteriormente, o TMZ divulgou que o termo ‘Coringa‘ tem sido um dos mais buscados no site PornHub desde a estreia da adaptação dirigida por Todd Phillips.

 

Na época do lançamento, as métricas do site de conteúdo adulto registraram mais de 740 mil buscas relacionadas à palavra ‘Joker’, como é chamado o vilão no idioma original.

 

Só no primeiro domingo após a estreia, mais de 290 mil buscas foram registradas.

 

Lembrando que a adaptação estrelada por Joaquin Phoenix se tornou um sucesso bilionário, consagrando-se nos principais festivais e trilhando uma jornada primorosa nas principais premiações do ramo.

 

A produção ainda rompeu inúmeras barreiras, tornando-se o longa baseado em HQs que mais recebeu nomeações na história do Oscar.

 

Conquistando 11 indicações na edição de 2020, o longa se tornou o maior indicado do evento, seguido por ‘O Irlandês‘, ‘Era Uma Vez… Em Hollywood‘ e ‘1917‘, todos com 10 nomeações cada.

 

Mas embora ‘Coringa’ tenha quebrado diversos paradigmas, o Oscar continua com alguns severos problemas de representatividade e mais uma vez a edição não contou com a presença de mulheres diretoras e negros entre os indicados.

 

Filmes aclamados como ‘Nós‘ e ‘O Último Negro em São Francisco‘ ficaram de fora da premiação, com Cynthia Erivo sendo indicada por sua personificação de ‘Harriet‘, se tornando a única atriz negra presente na categoria.

 

Diretoras também ficaram de fora do evento, com os fortes nomes de Greta Gerwig (‘Adoráveis Mulheres‘) e Lulu Wang (‘A Despedida‘) não recebendo nenhuma indicação por seus respectivos e aclamados trabalhos.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram. 

Entre no nosso Grupo de WhatsApp.

 

Fotos: Reprodução

 

R7

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Email:

Mensagem:

Leia também

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.