Notícias

Compartilhar Imprimir

Curiosidades

31/12/2016

Confira algumas tradições supercuriosas para comemorar o Ano Novo

Compartilhar:

Foto: Reprodução

Algumas tradições supercuriosas para comemorar o Ano Novo

Mesmo que você não seja uma pessoa supersticiosa, não custa nada lançar mão de algumas “mandingas” para garantir um ano novo cheio de prosperidade e coisas boas, não é mesmo?

 

Aqui no Brasil, existem vários rituais conhecidos para isso, como vestir roupas brancas, pular sete ondas, colocar o pé direito na frente, comer lentilha etc.

 

Mas e nos outros países? Você sabe quais são as tradições por lá? Seja para matar a curiosidade ou aumentar o seu repertório de crendices, confira a seguir uma animação superdivertida criada pela nossa equipe sobre alguns costumes para comemorar o Ano-Novo:

 

Aliás, caro leitor, que tal conhecer mais detalhes sobre essas curiosas tradições?

 

1 – Myanmar

 

 

Em Myanmar a passagem do ano é marcada por muita diversão, já que é quando ocorre o Festival de Thingyan e uma enorme guerra de água é travada entre a população. A ideia é começar o ano de alma lavada.

 

2 – Filipinas

 

 

Nas Filipinas, as figuras redondas simbolizam o formato das moedas e estão associadas à ideia de prosperidade e riqueza. Portanto, na virada do ano é bastante comum que as pessoas se vistam com roupas estampadas com bolinhas e sirvam alimentos arredondados durante a ceia, tudo para garantir muita fartura no ano que está chegando.

 

3 – Espanha

 

 

Na Espanha, o ritual exige um pouquinho de preparação, e você deve ser ligeiro com a mastigação. É que por lá, quando o relógio marca a meia-noite, as pessoas comem uma uva para cada badalada, ou seja, 12 frutas, uma após a outra. O costume surgiu em 1909, depois de uma farta colheita que foi distribuída na véspera do Ano-Novo pelo rei de então, Alfonso XIII. Há inclusive quem aproveite para deixar uma lista com 12 desejos prontos, um para cada uva.

 

4 – Dinamarca

 

 

Apesar de um pouco bizarro, imagine que divertido! Na Dinamarca se tem o costume de quebrar louças nas portas dos vizinhos — que, em vez de ficarem bravos, se alegram com essa estranha demonstração de afeto. A família que acabar com a maior pilha de pratos, copos, xícaras e afins na frente de casa é considerada a mais sortuda, já que os cacos simbolizam que eles têm muitos amigos leais.

 

5 – Bolívia

 

 

Na Bolívia existem vários rituais para o Ano-Novo, como deixar três pedrinhas na porta de entrada para atrair saúde, prosperidade e amor, assim como esconder moedinhas no meio de bolos e doces para que quem as encontre tenha um ano afortunado. Outra tradição é a de pendurar bonecos de palha do lado de fora das residências para atrair a boa sorte, além de usar roupas de baixo amarelas para atrair fortuna ou vermelhas para atrair amor.

 

6 – Porto Rico

 

 

Por lá o Ano-Novo é um evento bem barulhento, pois é comum que as pessoas toquem as buzinas dos carros e embarcações, batam em tambores e toquem os sinos das igrejas para espantar os maus espíritos. Outro costume é jogar baldes de água pelas janelas para afastar o mau olhado, e cair de costas sobre as ondas do mar quando o relógio marca a meia-noite.

 

7 – Alemanha

 

 

Se você pensava que era só aqui no Brasil que as pessoas assistiam aos mesmos programas e “shows da virada” de sempre, saiba que na Alemanha ocorre algo parecido. Todos os anos é apresentado na TV de lá um curta chamado “Der neunzigste Geburtstag” sobre uma senhora que passa o aniversário de 90 anos sozinha. O clássico foi gravado em 1963 e é reprisado todos os anos na noite de Ano-Novo!

 

Mais tradições curiosas:

 

Fotos: Reprodução

 

Na Colômbia, para garantir um ano cheio de viagens, as pessoas dão a volta no quarteirão com uma mala vazia;

 

Além de quebrar pratos e copos nas portas dos vizinhos, na Dinamarca as pessoas pulam de cima de cadeiras — todos juntos — quando o relógio marca a meia-noite;

 

Na Irlanda, as solteiras colocam folhas de visco — Viscum album — debaixo do travesseiro na noite de Ano-Novo para espantar o azar e atrair o futuro marido;

 

No Equador, a população produz bonecos de palha — que geralmente representam figuras políticas e celebridades — que são queimados na virada do ano para destruir toda a falta de sorte e energia negativa do ano anterior;

 

Em Talca, no Chile, a festa de Réveillon acontece no cemitério da cidade, cujos portões são abertos exatamente às 23h para que a população comemore a virada do ano “acompanhada” por todos os familiares e amigos, incluindo aqueles que já partiram;

 

Nos EUA, o costume é beijar alguém — seja namorado, amigo, noivo ou um completo desconhecido — para atrair o amor verdadeiro e garantir um Ano-Novo cheio de alegrias, além de apagar as memórias ruins do passado.

 

MegaCurioso

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2016. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.