Notícias

Compartilhar Imprimir

Plantão Policial

11/04/2019

IMAGENS FORTES! Bandido é morto por populares após participar do assassinato de uma mulher no bairro de São José, Zona Leste de Manaus

Compartilhar:

Foto: Divulgação

Deisiane deixou a filha na escola e voltava para casa quando foi assassinada pelo casal assaltante

Deisiane Gonçalves Monteiro, 26, foi assassinada com um tiro na cabeça ao reagir a um assalto que aconteceu por volta das 13h da tarde desta quarta-feira, 10 de abril.


O roubo seguido de morte aconteceu na Rua Marginal, bairro de São José Operário 2, Zona Norte de Manaus.


O assaltante que participou de roubo seguido da morte de Deusiane, identificado como Arlesson Pereira da Silva, 27, também morreu no Hospital e Pronto-Socorro Dr. Platão Araújo.


O bandido havia sido espancado e baleado com quatro tiros no corpo por um grupo de populares depois do assassinato Deisiane, que havia saído para deixar a filha de 5 anos na escola.


A assaltante Lorena Souza da Silva, 21, que também participou do roubo que resultou na morte de Deixiane, foi agredida pelo mesmo grupo de populares após o crime, mas escapou com vida.

 

Ela foi atendida no HPS Dr. Platão Araújo, onde o comparsa morreu, e depois de receber atendimento médico foi apresentada e autuada em flagrante no 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP).


Deisiane Gonçalves tinha acabado de deixar a filha de 5 anos de idade na escola e estava voltando para casa quando apareceu o casal em uma motocicleta e anunciou o assalto.


Lorena Souza, 21,  viajava na garupa da motocicleta e disparou o tiro que matou Deisiane quando ela não quis entregar o telefone celular e tentou correr.

 

Momento em que o assaltante baleado era levado do local pelos policiais militares 

 

Corpo do assaltante Arlesson Pereira sendo removido do necrotério do HPS

 

Assaltante Lorena Souza que viajava na garupa e atirou em Deisiane

recebeu alta e foi levada para ser autuada em flagrante no14º DIP


Um funcionário da empresa NET que passava pelo local testemunhou o crime e tentou socorrer a vítima, mas foi baleado em um dos braços pela mulher assaltante.

 

O revólver usado no latrocínio foi o mesmo com o qual um dos populares disparou os quatro tiros que mataram o assaltante Arlesson Pereira.


Há informações de que o revólver não foi encontrado pelos policiais militares no local do fato e testemunhas viram um homem desconhecido deixando o local com a arma de fogo.


O funcionário da da NET atingido com um tiro foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).


O corpo de Deisiane Gonçalves foi removido do local e levado para o Instituto Médico Legal.


Depois da confirmação da morte do assaltante no HPS, uma equipe do IML também foi ao necrotério do HPS Dr. Platão Araújo para fazer a remoção do corpo.

 

ATENÇÃO! IMAGENS FORTES! 

 

 

 

 Fotos: Divulgação

Comentários

Johnny - 10/04/2019
Esse portal sempre bem informado parabéns poxa tirar a vida de uma pessoa por um celular muito triste isso
Ferr - 10/04/2019
Até pouco tempo não se via falar de mulheres participando de assaltos, agora já se tornou comum, porque deixaram essa vagabunda que tira a vida de uma mãe viva.
dinho - 10/04/2019
era pra ter matado também a mulher. deveria o juiz que soltou ela tambem deveria morrer.
Marcos - 11/04/2019
Fico triste pensando na criança que tá esperando a mãe dela na escola, sem entender o que aconteceu! O senhor conforta o coração dessa criança um ser puro que está sofrendo!
Carlos Roberto Cerqueira Reis - 11/04/2019
Deveria ter matado a mulher que atirou, pois daqui a alguns dias ela vai sair da prisão e voltar a matar nas ruas por causa de um celular ou menos.
Márcio Santos - 11/04/2019
Fico revoltado com o acontecido e ao mesmo tempo triste,com o sofrimento desta criança.
Justica - 11/04/2019
Tem que existir uma lei que ouna severamente um juiz que solta uma pilantra dessa.. a vadia imprestavel.. lixo... pô vagaba tem 5 passagem.. que porra de justiça é essa.. que muitos pai e muita mãe.. estão presos oirque roubaram um oacote de Leite para alimentar seus filhos .... e uma fdp dessa.. que tem passagem por roubo, trafico .. ta ai solta, pirqye um juiz.. juiz não um bandido tambem beneficiou com a liberdade sua comparsa para matar... como matou!!! Juiz filho da puta....bandido!!! Safado!! Vai se fuder ..... vão se fuder justiça de merda do estado de merda do amazonas....
Fabio - 11/04/2019
Total desrespeito com a vítima aparecendo seu rosto depois de morta. Isso nao é jornalismo profissional e respeitoso. Se force um ente querido de administra essa página certamente nao estaria ai publicado.
KKKKKKK - 11/04/2019
COMO SEMPRE QUEM MORRE E GENTE DE BEM, ESSA VAGABUNDA TERIA QUE TER PEGO UNS 30TIROS
MARIA JOSÉ ANDRADE - 11/04/2019
A ASSASSINA NÃO MERECE VIVER É UMA SOCIOPATA EXTREMAMENTE PERIGOSA JÁ QUE NÃO EXISTE LEI
Antônia Ventura da Silva - 11/04/2019
Erva daninha da desgraça acabou com duas vida da mãe e da criança como pode meu Deus .
Zuca - 11/04/2019
Tirá a vida de uma mãe, e agora a criança fica sem mãe?
Marcos Fernando da Silva - 11/04/2019
Essa maldita era pra ter sido degolada. Bandido bom é bandido morto.
Josué - 11/04/2019
O maior filho da puta nessa história é o Juiz...Como vai ser pra criança acordar e perguntar pela mãe???.responde aí algum filho da puta de juiz que vivem soltando esses bandidos...????
Robsin - 14/04/2019
A fragilidade das leis faz o criminoso convicto da punição, que cada preso trabalhase pra se manter na própria cadeia isso reduziria o indici de criminalidades.

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.