Notícias

Compartilhar Imprimir

Geral

15/04/2019

Uma das tartarugas mais ameaçadas do mundo morre, deixando 3 no planeta

Compartilhar:

Foto: Reprodução

As tartarugas gigantes do Yangtze vivem em águas turvas e podem pesar até 90 kg

Morreu a última tartaruga fêmea da espécie Yangtze, deixando apenas três remanescentes. Também conhecida como Rafetus swinhoei, a tartaruga vivia no zoológico de Suzhou, no sul da China.


Especialistas tentaram inseminar artificialmente o animal, que tinha mais de 90 anos, pouco antes de morrer. A espécie está criticamente em perigo devido à caça, sobrepesca e destruição do seu habitat.


Veja também

ONU: danos ao meio ambiente provocam 1 em cada 4 mortes prematuras


Várias tentativas de inseminação artificial ocorreram na esperança de continuar a espécie, mas todas falharam Várias tentativas de inseminação artificial ocorreram na esperança de continuar a espécie, mas todas falharam.

 

A tartaruga fêmea, com mais de 90 anos de idade, morreu no sábado 24 horas depois que a equipe local, junto com especialistas internacionais, tentou inseminá-la artificialmente, segundo a BBC. Essa seria a quinta tentativa que o procedimento era realizado.


O gigante softshell do Yangtze macho é agora o único de sua espécie deixado em cativeiro O gigante softshell do Yangtze macho é agora o único de sua espécie deixado em cativeiro O jornal disse que não houve complicações com a tentativa de inseminação artificial, mas que uma equipe de pesquisadores formada por especialistas nacionais e internacionais conduziria uma autópsia para determinar a causa da morte.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter.


O Zoológico de Suzhou abriga uma tartaruga gigante Yangtze macho. Os outros dois vivem no Vietnã, mas seus gêneros são desconhecidos.

 

Extra

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.