Notícias

Compartilhar Imprimir

Esportes

15/05/2019

Volta do Flamengo ao mercado afasta chance de acordo com famílias de duas vítimas de incêndio no Ninho

Compartilhar:

Foto: Divulgação

Famílias de Bernardo Pisetta e Vitor Izaías indicaram que vão encerrar as negociações

Ao tomarem conhecimento da ida de dirigentes do Flamengo a Europa para negociar a contratação de jogadores de ponta, como Rafinha e Filipe Luís, as famílias de Bernardo Pisetta e Vitor Izaías, duas das vítimas fatais do incêndio no Ninho do Urubu, indicaram que vão encerrar as negociações sobre as indenizações que deveriam ser pagas pelo clube.

 

Segundo apurou a reportagem, a diretoria também entende que chegou no limite da oferta, que ela considera razoável, e não vai ceder quando as famílias associarem as indenizações às situações do futebol do clube. Falta a comunicação oficial de que estão encerradas as tratativas.

 

Veja também 

Líder do campeonato, Valtteri Bottas bate dupla da Ferrari no primeiro treino em Barcelona. VEJA VÍDEOS

 

Representantes dos parentes dos dois ex-atletas da base já discutem as estratégias de judicialização do caso, após arrastada negociação ao longo dos últimos meses. A gota d'água foi uma proposta enviada pelo advogado Thiago D'Ivanenko na semana passada e ignorada pelos dirigentes rubro-negros. Nela, as famílias reduziram novamente o montante pedido pelas perdas. Anteriormente, o Flamengo já havia sinalizado que manteria a proposta inicial, inferior em valores de indenização e pensão.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no Facebook e no Twitter. 

 

Segundo os familiares, o clube aproveitou que as famílias estavam mais fragilizadas emocional ou financeiramente e enviaram propostas baixas. O advogado do Flamengo, Bernardo Accioly, que conduzia algumas conversas, entre elas com as famílias de Bernardo e Vitor, não está mais à frente das negociações, repassadas ao advogado contratado para o caso. Procurados, os representantes do Flamengo não foram encontrados para comentar, mas o clube adota a postura de não tratar as negociações com as famílias através da imprensa.

 

 

Confira as situações das negociações com as famílias dos jogadores que morreram:


Arthur - Sem negociação.

 

Athila - Fechado com o Flamengo.

 

Bernardo - Prestes a encerrar negociação e ir à Justiça.

 

Christian - Sem negociação.

 

Gedinho - Fechado com o Flamengo.

 

Jorge Eduardo - Sem negociação.

 

Pablo Henrique - Sem negociação.

 

Rykelmo (mãe) - Pretende entrar na Justiça.

 

Rykelmo (pai) - Fechado com o Flamengo.

 

Samuel - Defensoria Pública negocia com o Flamengo.

 

Vitor Izaías - Prestes a encerrar negociação e ir à Justiça.

 

Extra

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.