NOTÍCIAS
Plantão Policial
18/01/2021

'Índio' que participou do assassinato de personal trainer dentro de academia é preso em Coari, interior do Amazona

Compartilhar:
Foto: Divulgação

"Índio" confessou participação no assassinato do personal trainer em novembro do ano passado

O homicida identificado como Jhonata Moriz Tavares, 21, foi preso no final da tarde do último domingo, 17, no município de Coari, distante 363 quilômetros de Manaus em linha reta.


“Índio” como o homem preso é mais conhecido, é acusado de participação na morte do personal trainer Leandro de Araújo Pinheiro, em novembro do ano passado.


O crime foi praticado dentro de uma academia de musculação onde a vítima trabalhava e foi assassinado a sangue frio com vários tiros de revólver calibre 38.

 

Veja também

 

REVOLTANTE! Homem espanca mulher até deixá-la desacordada e acaba preso. TUDO FILMADO. VEJA AS IMAGENS

 

Toque de recolher já começou e todo o efetivo de plantão da Polícia Militar já está nas ruas de Manaus na noite deste domingo


“Índio” confessou envolvimento no homicídio e em seu depoimento disse que conduziu a motocicleta Honda Biz, de cor vermelha, enquanto seu comparsa entrou no estabelecimento e executou Leandro Pinheiro.


Os assassinos tinham as fotos da vítima e cometeram o crime a mando de outra pessoa, pela suposta quantia de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) e a motivação seria passional (ciúme).

 

Índio confessou e disse que ele e o compaqrsa receberam

R$ 5 mil para matar o personal trainer (Foto: Divulgação)


O assassino foi preso dentro de uma canoa no rio Solimões próximo a Comunidade do Itapéua, Segundo o tenente coronel Pedro Moreira, Comandante do 5° Batalhão da Polícia Militar em Coari que participou da prisão do acusado.


O oficial também explicou que várias equipes de policiais do 5° BPM e da Base Arpão faziam Operação Policial em conjunto de combate a pirataria de rio e tráfico de drogas, quando reconheceram e prenderam “Índio”.


Foi confirmado que “Índio” já tinha mandado de prisão decretado pela Justiça do Amazonas e agora com esta prisão, salientou o tenente coronel Pedro Moreira, será possível a Polícia Civil elucidar pedir a prisão preventiva do mandante do crime.


Depois de ser reconhecido e cumprido o mandado de prisão o homicida foi apresentado na 10ª Delegacia Interativa de Polícia Civil onde deverá permanecer confinado e a disposição da Justiça Comum Estadual.
 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2021. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.