NOTÍCIAS
Geral
25/11/2021

'Rachadinhas': ação que investiga Flávio só poderá andar com nova denúncia do Ministério Público

Compartilhar:
Foto: Reprodução

Senador Flavio Bolsonaro

Em decisão do ministro João Otávio de Noronha, do Supremo Tribunal da Justiça (STJ), a ação penal que investiga o suposto esquema de rachadinha no gabinete do senador Flávio Bolsonaro só poderá caminhar se o Ministério Público apresentar uma nova denúncia.

 

Além de depender dessa terceira denúncia, a ação — que já estava parada desde agosto — não poderá utilizar nenhuma das provas consideradas ilegais pelo STJ, como extratos bancários ou qualquer outra informação obtida por meio da quebra de sigilos fiscal ou bancário, por exemplo.

 

A decisão atendeu a um pedido da defesa do ex-assessor do filho do presidente Jair Bolsonaro, Fabrício Queiroz. O policial militar aposentado é apontado como o operador do esquema das rachadinhas no antigo gabinete de Flávio.

 

Veja também

 

Flávio Bolsonaro comemora decisão do STJ de encerrar investigações das 'rachadinhas'

 

STJ anula investigação das 'rachadinhas' contra Flávio Bolsonaro

 

Além dessa decisão, o ministro do STJ também foi o responsável por soltar Queiroz e sua esposa no ano passado e, há três meses, determinou que o Tribunal de Justiça do Rio suspendesse a análise de mais uma denúncia de rachadinha, realizada pelo Ministério Público.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram

Entre no nosso Grupo de WhatApp e Telegram

 

Noronha passou a ser o relator de todos os casos de rachadinha no STJ, substituindo o antigo relator, Félix Fischer, que se afastou por motivos de saúde.

 

Fonte: Ig

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2021. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.