25 de Junho de 2022 - Ano 8
NOTÍCIAS
Curiosidade
21/06/2022

5 maneiras como alguns países lidam com a nudez

Foto: Reprodução

Desde pequenininhos, somos educados sobre várias coisas. E uma delas diz respeito a como lidamos com o nosso corpo. Normalmente, nossa nudez é vista como algo vergonhoso e que deve ficar restrita ao banheiro, ao quarto ou, no máximo, à privacidade da casa.

 

Mas vale lembrar que esta é uma característica cultural - ou seja, não é um valor universal. A verdade é que outros países lidam de forma diferente com a ausência de roupas. Confira só como isto acontece em 5 lugares.

 

Veja também

 

7 fatos sobre a vida das mulheres na Roma antiga

 

Hidromel: 5 fatos sobre a bebida alcoólica mais velha do mundo

 

1. Alemanha

Não há dúvida: os alemães são vistos como o povo que mais gosta de ficar pelado em público. É bem comum passar em praças e ver alguém nu tomando um sol, por exemplo. Munique, aliás, aprovou uma lei que permite que as pessoas fiquem sem roupas em lugares públicos.

 

(Fonte: CNN)

 

Isto é explicado por uma chamada "cultura do corpo livre" (no original, Freikörperkultur, ou simplesmente FKK), que existe na Alemanha. Trata-se de uma espécie de tradição compartilhada pelos cidadãos que enxerga o ato de tirar a roupa como uma forma de resistência e de alívio para o stress do dia a dia.

 

2. Japão

De modo geral, os países orientais são mais conservadores em relação à nudez do que os ocidentais. No Japão, roupas curtas, como tops, são mal vistas - espera-se que elas sejam vestidas por baixo das roupas.

 

(Fonte: Mundo Nipo)

 

No entanto, há piscinas termais chamadas onsen em que se é esperado que as pessoas as frequentem totalmente nuas. Ao chegar nestes locais, os visitantes recebem uma toalha, mas ela é usada para enrolar a cabeça, e não os genitais.

 

3. Espanha

A Espanha é outro país bastante amigável quanto à nudez. Barcelona, inclusive, tem uma lei que garante o direito às pessoas de ficarem nuas em público.

 

(Fonte: Mundo Nipo)

 

No entanto, embora o topless não envolva muito tabu, é esperado que as pessoas fiquem totalmente apeladas apenas em praias destinadas para isso.

 

4. Estados Unidos

Os americanos enxergam a nudez de uma forma extremamente sexualizada, e por isso ela não é vista com muita naturalidade. Em alguns estados, há leis severas que impedem que as pessoas tirem a roupa em público

 

(Fonte: BBC)

 

Quem infringe estas regras pode ser enquadrado em diferentes delitos, como "exposição indecente", "indecência pública", "indecência pública" e "conduta desordeira".

 

E há algumas exceções bizarras: na Filadélfia, por exemplo, o topless feminino é permitido, mas apenas de forma "não-lasciva" - seja lá o que isso signifique. Já a cidade de San Francisco é a que parece ser mais liberal na parte de estimular a nudez - há eventos públicos destinados para isso.

 

5. Brasil

Já o Brasil está também entre os países com uma ligação meio contraditória com a nudez. Por um lado, somos um país que valoriza os corpos e sua exibição sempre que possível - seja no Carnaval, nas praias ou em roupas que os deixam à mostra.

 

(Fonte: Melhores Destinos)

Fotos: Reprodução

 

Por outro lado, o Brasil tem leis que condenam quem aparece pelado em público. Estas pessoas podem enquadradas no artigo 233 do Código Penal, que considera crime "praticar ato obsceno em local público, ou aberto ou exposto ao público", podendo ser punido com prisão de três meses a um ano.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatApp e Telegram

 

Vale lembrar que, assim como nos Estados Unidos, essas penas costumam ser díspares em relação às mulheres e aos homens. Uma mulher de topless pode ser enquadrada no artigo de ato obsceno, mas homens não. 

 

Fonte: Mega Curioso

LEIA MAIS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Acompanhe o Portal do Zacarias nas redes sociais

Copyright © 2013 - 2022. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.