02 de Julho de 2022 - Ano 8
NOTÍCIAS
Mulher
02/01/2022

7 mitos e verdades sobre o ácido hialurônico, o queridinho do skincare

Foto: Reprodução

Apaixonado pelo universo de beauté ou não, você certamente já foi apresentado ao ácido hialurônico. O ativo é um dos mais procurados quando o assunto é skincare — além de estar presente em máscaras faciais, hidratantes, sabonetes — e pode fazer maravilhas, inclusive, para a saúde dos fios.

 

Apesar da pronúncia difícil, a intenção do composto é descomplicar os cuidados com a pele, auxiliando em diversas necessidades.

 

O ácido esteve entre os temas de beleza mais buscados em 2021 e, para sanar todas as suas dúvidas, o Metrópoles partiu em busca de respostas.

 

Veja também

 

Skincare de verão: 5 passos para mudar na rotina de cuidados

 

Skincare: 5 produtos para turbinar a sua pele

 

Confira 7 mitos e verdades sobre o ácido e atualize de uma vez por todas sua rotina de skincare:

 

1. Não é indicado para pele mista e oleosa

Mito. Ele é indicado para qualquer tipo de pele. Por essência, o ácido hialurônico está presente naturalmente no organismo humano, o que prova que não há restrição sobre o uso de dermocosméticos com o ativo. Porém, no caso da versão injetável da substância, existem riscos de rejeição, ainda que pequenos.

 

2. É indicado para todas as idades

Verdade. O ácido tem efeito antienvelhecimento para peles mais jovens, mas pode ser usado em qualquer idade para melhorar os níveis de hidratação no rosto.

 

No entanto, vale reforçar que ele é altamente recomendado para mulheres a partir de 25 anos, para amenizar as primeiras rugas e manter o viço da cútis por mais tempo.

 

3. O ácido só pode ser aplicado à noite

Mito. Os cosméticos à base do composto proporcionam uma película protetora, melhorando a hidratação das camadas mais externas da pele, por isso, são excelentes aliados do skincare.

 

“Além disso, essa não é uma molécula fotossensibilizante, portanto, pela manhã pode-se aplicar um dermocosmético com o ativo antes do filtro solar. E à noite, após a rotina de limpeza”, como explica a dermatologista Cinara Turra, da Sinclair Pharma.

 

4. Reduz olheiras

Verdade. Devido ao seu poderoso efeito hidratante, o composto pode ajudar a combater, e também prevenir, as temidas manchas abaixo dos olhos.

 

5. Por se chamar ácido, pode queimar a pele?

Mito. O composto é um ácido fraco e possui fórmulas menos ácidas, o que diminui a possibilidade de irritação. Em geral, dermocosméticos que contém ácido são mais abrasivas quando o pH é muito baixo, o que não é o caso do hialurônico.

 

6. Colágeno e ácido hialurônico são a mesma coisa

Mito. O ácido hialurônico é uma molécula que tem capacidade de retenção de água, o que proporciona hidratação aos tecidos, mantendo o viço e os volumes adequados.

 

O colágeno, que também é uma substância produzida pelo nosso organismo, vai manter a estrutura de sustentação da pele, o brilho natural e a elasticidade, como explica Cinara Turra.

 

7. A ação do ácido hialurônico injetado diretamente na pele é igual aos dermocosméticos que contém a substância na fórmula

Mito. Por sua versatilidade, existe uma ampla gama de procedimentos que podem ser feitos com ácido hialurônico, alguns invasivos, outros apenas com uso de dermocosméticos. No entanto, existe muita diferença entre o ativo nos dois casos.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram

Entre no nosso Grupo de WhatApp e Telegram

 

O ácido hialurônico injetável é puro e denso, e serve para preenchimento de áreas específicas. No caso dos indicado para uso tópico, ele é diluído em água. 

 

Fonte: Metrópoles

LEIA MAIS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Acompanhe o Portal do Zacarias nas redes sociais

Copyright © 2013 - 2022. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.