11 de Agosto de 2022 - Ano 8
NOTÍCIAS
Mulher
05/07/2022

9 tipos de orgasmo feminino e como chegar lá

Foto: Reprodução

Engana-se quem pensa que é impossível atingir o clímax do prazer explorando diferentes regiões do corpo. Na verdade, existem diversas maneiras de chegar ao orgasmo — e você pode nem precisar de sua vagina para isso.

 

Seja sozinha ou acompanhada, aqui estão nove tipos de orgasmos que seu corpo pode ter e como chegar lá; confira a seguir com informações da “POPSUGAR”.

 

Veja também

 

Orgasmo e menstruação: saiba como funciona a libido durante o ciclo

 

Praticar corrida pode ajudar mulheres a ter orgasmos mais intensos

 

1 — Orgasmo vaginal

Pode ser difícil atingir o orgasmo vaginal por meio de penetração — mas é possível. De acordo com a ginecologista e obstetra Kate Shkodzik, a posição da “mulher em cima” pode facilitar o orgasmo vaginal, pois estimula o ponto G “dependendo do ângulo do(a) penetrador(a)”.

 

Além disso, indo por cima, você conseguirá controlar “o ritmo, a profundidade e o ângulo durante o sexo”, nota ela.

 

2 — Orgasmo clitoriano

O clitóris é uma região cujo único propósito é o prazer, por isso, ele deve ser utilizado como um aliado. De acordo com o portal, 70% das mulheres precisam da estimulação clitoriana para ter um orgasmo.

 

Um estudo publicado pela Universidade de Indiana (EUA) estimou que mulheres têm orgasmos em até 70% das vezes em que combinam penetração com estimulação do clitóris.

 

3 — Orgasmo combinado

O termo deriva do resultado da estimulação interna e externa, que podem ser feitas com a ajuda de sex toys.

 

4 — Orgasmos vaginais de zonas erógenas

Boas notícias: existem outras zonas erógenas na vagina que, quando estimuladas corretamente, podem levar ao chamado “orgasmo vaginal profundo”.

 

O primeiro ponto, tecnicamente conhecido como zona erógena do fórnix anterior (ponto A), é um pedaço de tecido sensível nas extremidades internas do tubo vaginal, entre o colo do útero e a bexiga. Ele pode ser encontrado um pouco mais longe do ponto G e, quando tocado, provoca uma sensação que pode estimular o orgasmo vaginal.

 

O segundo ponto é o ponto O (O de orgasmo), que pode ser encontrado na parede posterior da vagina, quase atrás do colo do útero. A estimulação nesta área é ótima para aumentar a excitação e pode levar a um orgasmo mais intenso.

 

5 — Orgasmo anal

O sexo anal com penetração pode ser particularmente efetivo para alcançar o ponto A, além de, para muitas, ser uma experiência nova e instigante.

 

6 — Orgasmo de mamilos

Sim, você pode ter um orgasmo mesmo que nem toque suas genitais. Os mamilos são uma zona erógena altamente sensível que, quando estimulados o suficiente, “disparam raios no córtex sensorial”, como explica o “Healthline”. Trata-se da mesma área do cérebro que reage aos estímulos vaginais e clitorianos.

 

7 — Orgasmos múltiplos

Diferentemente dos homens, mulheres podem ser estimuladas diversas vezes após o orgasmo e “continuar tendo aumento do fluxo sanguíneo para a vagina e aumento da frequência cardíaca”, segundo a terapeuta sexual Amanda Pasciucco.

 

A especialista explica que, para algumas mulheres, os orgasmos múltiplos acontecem naturalmente, enquanto outras precisam se esforçar mais se quiserem experimentá-los. Se você estiver interessada em tentar, após o primeiro orgasmo, mantenha a excitação no ar e continue com os estímulos.

 

8 — Orgasmo do ponto G

O ponto G está localizado cerca de 2,5 centímetros dentro da abertura vaginal, na parede vaginal superior — mais próximo do umbigo. Para encontrá-lo, experimente fazer um movimento de “venha aqui” com os dedos até encontrar a superfície esponjosa.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatApp e Telegram

 

9 — Orgasmo do core

Trata-se de um orgasmo que ocorre enquanto você pratica exercícios físicos. De acordo com o portal, ele acontece por causa do “aperto dos músculos do assoalho pélvico”, que “desencadeia impulsos nervosos”. Ou seja, o “coregasmo” provavelmente decorre das contrações do assoalho pélvico e é involuntário.

 

Fonte: Istoé

LEIA MAIS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Acompanhe o Portal do Zacarias nas redes sociais

Copyright © 2013 - 2022. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.