NOTÍCIAS
Geral
09/11/2021

Adolescente de 13 anos acusa homem que conheceu via rede social de estupro

Compartilhar:
Foto: Reprodução

A família de uma adolescente de 13 anos acionou a polícia em Uberaba, no Triângulo Mineiro, para denunciar que a jovem foi estuprada, no último final de semana, por um homem de 23 que ela conheceu pelas redes sociais. O suspeito está foragido.

 

De acordo com relato da estudante à Polícia Militar (PM), ela conheceu o rapaz na última sexta-feira (5/11), sendo que no sábado eles se encontraram em uma pizzaria, juntamente de sua irmã, de 17 anos, e seu cunhado.

 

A adolescente relatou aos militares que, após comerem a pizza, a irmã a deixou em casa, junto com o jovem. Neste momento, ainda segundo a garota, o suspeito começou a insistir para que ela fosse dormir na casa dele, no Bairro Chica Ferreira.

 

Veja também

 

IMAGENS FORTES! Primeiro eles cortaram o dedo dele, depois a orelha e por último o mataram com várias pauladas na cabeça. O QUE ELE FEZ? ESTUPROU A PRÓPRIA FILHA. TUDO FILMADO. VEJA AS IMAGENS

 

Homem confessa estupro contra enteada de 13 anos dentro do quarto da vítima

 

Inicialmente a estudante negou, mas depois aceitou, ressaltando para ele que iriam apenas dormir. Ela contou que eles foram até à residência do jovem, pedindo o serviço de aplicativo de carros.

 

A adolescente relatou aos militares que, ao chegarem no local, o rapaz começou a insistir para que eles tivessem relações sexuais e que ela respndeu que não queria, porque ainda “não estava pronta”. Mas o suspeito teria apagado as luzes e forçado a relação sexual.

 

No domingo, ela contou que o suspeito solicitou uma corrida via aplicativo para que ela voltasse para casa. Foi neste momento que ela contou para sua mãe que havia sido estuprada.

 

A mãe da adolescente procurou o Conselho Tutelar, que as conduziu para o Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HC-UFTM) para que a adolescente realizasse exames e o tratamento preventivo de doenças sexualmente transmissíveis.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatApp e Telegram

 

O caso foi encaminhado à Delegacia de Orientação e Proteção à Família de Uberaba. 

 

Fonte: Correio Braziliense

COMENTÁRIOS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2022. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.