NOTÍCIAS
Manaus
01/12/2019

Adolescente de 15 anos está com bebê morto na barriga há quatro dias e médicos não fazem cirurgia cesariana para evitar que ela também morra no Instituto da Mulher Dona Lindu

Compartilhar:
Foto: Divulgação

Heloisa veio de Presidente Figueiredo com o filho morto na barriga e continua sofrendo no Instituto da Mulher

A adolescente Heloisa Barauna Lima, 15, corre risco de morrer a qualquer momento no Instituto da Mulher "Dona Lindu", localizado ao lado do Hospital 28 de Agosto, se não dor submetida com máxima urgência a uma cirurgia cesariana.


A mãe da adolescente, dona Aldenice Barauna, denunciou agora a pouco para o PORTAL DO ZACARIAS que a filha está com um bebê morto dentro da barriga desde a última quarta-feira.


A menor de idade que está na sua primeira gravidez foi transferida em estado grave do Hospital do município de Presidente Figueiredo e encontra-se internada no Instituto da Mulher, na Zona Centro-Sul de Manaus.

 

Veja também

Adolescente é presa com maconha e arma de fogo depois de ser deixada para trás pelo marido traficante de drogas no município de Tefé, Interior do Amazonas


Estes assaltantes estão aterrorizando comerciantes nas zonas Norte e Leste de Manaus e a Polícia pede ajuda da população para prendê-los


Assim que foi constatado que o bebê estava morto em sua barriga a adolescente foi transferida para a capital com encaminhamento para internação urgente no Instituto da Mulher.


A mãe está temendo pela vida da filha e afirma que a adolescente já tomou seis medicamentos que deveriam provocaram o parto normal, mas isso não aconteceu e Heloisa continua sofrendo muito.

 

Heloísa em foto recente quando fazia uma self, bastante orgulhosa, 

da barriga onde seu bebê ainda estava vivo


Já se passaram quatro dias após a internação no Instituto da Mulher e segundo Aldenice, a equipe médica apenas administra medicação que não tem surtido qualquer efeito para um parto normal do bebê morto na barriga da mãe.


Dona Aldenice denuncia que além do perigo de vida e o sofrimento da filha, ela e outros membros da família ainda se sentem humilhados no Instituto da Mulher porque até mesmo água para beber já foi negado pelos funcionários.

 


A mãe da adolescente acredita que pelo fato de serem pessoas humildes, vindas do interior do Estado em busca de socorro e sendo um caso de risco de vida, ela e sua filha principalmente, acabam sendo discriminados no Instituto da Mulher.


No contato mantido agora a pouco com o PORTAL DO ZACARIAS dona Aldenice e um amigo da família que mora em Manaus, que se identificou como Eduardo, eles pedem até “PELO AMOR DE DEUS” que a adolescente seja logo operada.


“Minha filha tem apenas 15 anos. Já veio do interior com a criança morta na barriga. Ela já está internada há quatro dias e os médicos não fazem a cirurgia cesariana para acabar de vez com o sofrimento da minha filha”, diz a mãe da adolescente.

 

 Dona Aldenice e a filha Heloisa em foto recente quanbdo r

realizaram festinha do chá de baby do filho que estava para chegar 


Até meio dia deste sábado, segundo dona Aldenice, o quadro clínico permanecia o mesmo com ela sofrendo muitas dores, com o bebê morto na barriga e sem os médicos definirem que a adolescente pode morrer se não for operada urgentemente.


A avó do bebê (mãe do marido de Heloisa) também á veio para Manaus e também está triste porque seu neto está morto na barriga da mãe, e vendo sua nora passar por todo este sofrimento no Instituto da Mulher.


Segundo Aldenice Barauna não é o que ela quer, mas se algo de mais ruim acontecer com Heloisa motivado por negligência médica e omissão de socorro, a família promete ingressar com ação judicial contra o Instituto da Mulher.


O PORTAL DO ZACARIAS recebeu a denúncia na manhã deste sábado e já está acompanhando de perto esta situação de sofrimento da adolescente e dos seus familiares, vindos de Presidente Figueiredo nesta situação de muita aflição.

 

Por ser do interior dona Aldenice Barauma denuncia que vem sofrendo 

 humilhação e discriminação no Instituto da Mulher (Fotos: Divulgação)

 

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

 

Entre no nosso Grupo de WhatsApp.

 

OUÇA O ÁUDIO DA MÃE: 

COMENTÁRIOS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.