NOTÍCIAS
Plantão Policial
25/03/2020

Agressores de acadêmico de medicina afrontam a Polícia e a Justiça em live divulgada nas redes sociais

Compartilhar:
Foto: Divulgação

Dois acusados já estão presos mas Lucas e Caio ainda se encontram foragidos

A Polícia e a Justiça do Amazonas estão sendo afrontadas por dois quatro homens envolvidos na covarde agressão e tentativa de homicídio do acadêmico de Medicina Odilon Pereira Velho Filho, de 20 anos, além de agredirem também a prima da vítima.

 

A família da vítima ofereceu R$ 2 mil para quem denunciar o paradeiro de Caio Ribeiro e Lucas Santos, que já tiveram as prisões preventivas decretadas pela Justiça Estadual. No entanto, ambos continuam foragidos.

 

O que vem provocando indignação nos familiares e amigos do acadêmico é que o foragido Caio Ribeiro divulgou uma live nas redes sociais dizendo que “dois mil é pouco” e quando aumentarem a recompensa ele e Lucas Santos aparecem.

 

Veja também 

 

Acusado de envolvimento no brutal assassinato do engenheiro Flávio Rodrigues dos Santos, Alejandro Valeiko, enteado do prefeito Arthur Neto, está novamente livre, leve e solto

 

Este adolescente de 13 anos está desaparecido. VOCÊ SABE ONDE ELE ESTÁ? A FAMÍLIA ESTÁ DESESPERADA. AJUDE A ENCONTRÁ-LO

 

Em tom de deboche, Caio Ribeiro diz que

"quando a recompensa aumentar eles aparecem"

 

A live foi divulgada no Facebook através do perfil de Samara Pavanelli, que também responde a um processo de agressão em que deformou a boca de uma jovem com uma dentada, em fato ocorrido recentemente em Manaus.

 

Para os familiares e amigos do acadêmico Odilon Filho, o oferecimento de recompensa é uma forma de ajudar a Polícia a prender os acusados de agressão e tentativa de homicídio, para que seja feita justiça no caso.

 

A divulgação da live vem sendo considerada uma afronta e um desafio à Polícia e à Justiça Estadual; por isso, o que se espera é que sejam presos os dois acusados urgentemente.

 

A agressão aconteceu no dia 24 de fevereiro deste ano durante um bloco realizado no estacionamento da Universidade Nilton Lins. Também tiveram as prisões preventivas decretadas os outros dois acusados, Pedro Santos e Bruno Luan.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatApp. 

 

O foragido fez a live atravez do perfil de

Samara Pavanelli (Fotos: Divulgação) 

COMENTÁRIOS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.