Notícias

Compartilhar Imprimir

Bizarro

01/10/2019

Alvo errado! Caçador leva tiro de colega após ser confundido com veado. VEJA

Compartilhar:

Foto: Reprodução

Caçador foi confundido com veado e acabou atingido por colega

Um caso inusitado, que acabou virando uma tragédia, aconteceu em uma floresta no estado da Geórgia, nos Estados Unidos, no último sábado (28). Durante uma caçada em grupo, um dos caçadores foi atingido por um colega após ser confundido com um veado.

 

Segundo informações da Fox News, a vítima, identificada como Bobby Lane, foi alvejada por outro caçador , Hector Romero, enquanto realizava uma caçada na região de Myers Hill, localizada perto da cidade de Brunswick.

 

Veja também



'Pum' em médico e muita confusão e outros comportamentos bizarros: conheça o jogador mais louco da NFL. VEJA FOTOS


Mulher mata irmã com 189 facadas, arranca olhos e orelhas da vítima. VEJA

 

Em depoimento ao xerife do Condado de Glynn , Romero afirmou que confundiu o companheiro com um veado e acabou o atingindo com um tiro . Na sequência, levou o colega para o um posto de combustível da região, onde ambos aguardaram pela equipe de resgate.

 

Apesar de ter sido encaminhado para um hospital, Lane acabou não resistindo aos ferimentos e morreu.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatApp.

 

Agora, o Departamento de Recursos Naturais da Geórgia vai investigar como o acidente aconteceu, juntamente com a equipe da polícia do condado de Glynn. Responsável pelo disparo fatal, Romero não foi preso e, de acordo com a publicação, ainda não se sabe se ele sofrerá algum tipo de sanção por parte das autoridades. 

 

IG

Comentários

Cid(Guarapuava_Pr) - 01/10/2019
...se for pra atirar em veados...tem muitos!!!!! kkkkk
Silvio - 01/10/2019
Com um amigo desse, não precisa nem de inimigo. Só para entendermos, ele confundiu o amigo por ter chifres ou por ser veado?

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.