NOTÍCIAS
Coronavírus
17/06/2021

Após Covid, pacientes sofrem com doenças que não tinham, aponta maior estudo sobre o tema

Compartilhar:
Foto: Reprodução

Pesquisa com 2 milhões de americanos mostra que 23% apresentam sintomas como dores crônicas, dificuldades respiratórias e hipertensão

Centenas de milhares nos Estados Unidos procuraram atendimento médico para tratar problemas de saúde que não tinham sido diagnosticados antes de serem infectados com o novo coronavírus, de acordo com o maior estudo até o momento sobre sintomas de longo prazo em pacientes com Covid-19, a chamada "pós-Covid".

 

Rastreando os registros de seguro de saúde de quase 2 milhões de americanos pessoas nos Estados Unidos que contraíram o coronavírus no ano passado, a pesquisa descobriu que um mês ou mais após a infecção, quase um quarto — 23% — deles procuraram tratamento médico para novas doenças.

 

Os afetados foram de todas as idades, incluindo crianças. Seus novos problemas de saúde mais comuns eram dores, inclusive nos nervos e músculos; dificuldades respiratórias; colesterol alto; mal-estar e fadiga; e hipertensão. Outros problemas incluíram sintomas intestinais; enxaquecas; problemas de pele; anormalidades cardíacas; distúrbios do sono; e condições de saúde mental, como ansiedade e depressão.

 

Veja também

 

 

Estado do Amazonas confirma 20 mortes e 503 novos casos de Covid-19, nesta quarta-feira


Ministério da Saúde anuncia entrega de 15 milhões de doses da vacina da Pfizer em julho

 

Os problemas de saúde pós-Covid-19 eram comuns mesmo entre as pessoas que não adoeceram gravemente com o vírus, concluiu o estudo. Enquanto quase metade dos pacientes hospitalizados por Covid-19 tiveram problemas médicos subsequentes, o mesmo ocorreu com 27% das pessoas que apresentaram sintomas leves ou moderados e 19% das pessoas que se disseram assintomáticas.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram. 
Entre no nosso Grupo de WhatsApp.

 

Uma coisa que nos surpreendeu foi a grande porcentagem de pacientes assintomáticos que estão nessa categoria de Covid longa — diz Robin Gelburd, presidente da FAIR Health, uma organização sem fins lucrativos que conduziu o estudo com base no que afirma ser o maior banco de dados de reclamações de seguros privados de saúde do país. 

 

Fonte: OGLOBO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2021. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.