02 de Julho de 2022 - Ano 8
NOTÍCIAS
Internacional
17/05/2022

Calor de 50ºC na Índia mata pássaros no ar e afeta cultivo de trigo

Foto: Reprodução

Onda de calor na Índia

Ondas de calor extremo de 50ºC estão causando efeitos devastadores na Índia. Depois de bater um recorde histórico em março, com os termômetros marcando as maiores temperaturas dos últimos 122 anos, desde quando teve início a série histórica de medições climáticas, o calor segue em níveis elevados em maio.

 

O país têm registrado eventos raros como pássaros caindo do céu por desidratação. Quando chegam vivos ao solo, veterinários tentam reanimá-los com água, dada em conta-gotas. Uma das consequências mais graves do fenômeno climático, no entanto, é o impacto no cultivo de trigo -- a Índia é o segundo maior produtor mundial, atrás apenas da China.

 

Neste final de semana, o governo da Índia anunciou a suspensão das exportações do cereal em favor do abastecimento doméstico. A medida também visa controlar a taxa de inflação, que chegou a 7,8% em abril, ante 6,9% em março.

 

Veja também

 

Índia proíbe exportações de trigo por causa de onda de calor

 

Onda de calor extremo deixa pelo menos 25 mortos na Índia

 

Na região Norte, considerada o celeiro do país, entre 10% e 15% das plantações foram destruídas por causa da onda de calor extremo.

 

Até pouco tempo atrás, havia a expectativa de que o país pudesse suprir o mundo com 10 milhões de toneladas de trigo a fim de equilibrar a redução de exportações da Ucrânia, outro grande produtor. Agora, a projeção será revista.

 

Globalmente, a cotação do trigo aumentou mais de 60% desde o início da guerra no Leste Europeu. A Ucrânia e a Rússia respondem, juntas, por quase 30% dos embarques mundiais do cereal. Nesta segunda, dia 16, o preço futuro do trigo subiu 6% na Bolsa de Chicago em reação à decisão da Índia de banir as exportações de trigo.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatApp e Telegram

 

Os países mais prejudicados pelo retrocesso nas expectativas de vendas externas de trigo da Índia são o Egito, que era um dos maiores compradores do cereal produzido na Ucrânia, Indonésia e China -- apesar de ser o maior produtor mundial, Pequim precisa importar o alimento em função da expressiva demanda interna. 

 

Fonte: Exame

LEIA MAIS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Acompanhe o Portal do Zacarias nas redes sociais

Copyright © 2013 - 2022. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.