NOTÍCIAS
Bizarro
20/06/2020

Casal com ‘coronafobia’ usa máscara e luvas durante ato sexual

Compartilhar:
Foto: Reprodução

Antes de começar cada relação sexual, o quarto é todo higienizado pelos dois.

 A incerteza e o medo durante a pandemia da Covid-19 fizeram com que muitos pessoas passassem a usar equipamentos de proteção individual , quer fosse para ir ao supermercado ou à farmácia.


Mas, para uma mulher do Reino Unido, o medo de contrair o vírus é tão grande que agora ela e seu parceiro só fazem sexo usando máscaras e luvas , depois de um intenso regime de higienização.


É um sintoma que Melanie Jennings chama de ” coronafoboia “. Ela disse ao The Sun que tem um medo obsessivo-compulsivo de germes e doenças desde que era criança. O pânico generalizado e o sofrimento causados pelo coronavírus intensificaram esses medos , assim como sua carreira trabalhando em um hospital – ela é auxiliar de enfermagem.

 

Veja também


Caso Madeleine: suspeito informou autoridades portuguesas que era um predador sexual um ano antes do crime


Policial envolvido no caso Floyd é solto com fiança equivalente a R$ 3,7 milhões


Ela diz que se tornou cada vez mais cautelosa com suas próprias práticas de higiene e segurança. “Na primeira semana de abril, [meu parceiro] Joe foi me beijar e eu congelei de medo”, afirma. “De repente, o pensamento de sexo sem a proteção de máscaras e luvas, lençóis desinfetados e um quarto limpo foi horrível”, acrescentou.


Jennings conta o processo pré-relação sexual . “A cama é borrifada com desinfetante de colchão e colocamos lençóis novos, que foram lavados e desinfetados duas vezes. Então, desinfecto o banheiro, garantindo que todas as superfícies estejam limpas.”


Jennings diz ainda que “o cheiro de água sanitária e produtos de limpeza para uso hospitalar permeia toda a casa”, enquanto os dois fazem amor, cada um usando luvas e máscaras.


“Eu não consigo nem pensar em sexo, a menos que tomemos banho, passemos desinfetante nas mãos, tomemos banho com sabonete bactericida e toalhas desinfetadas antes”, explica a jovem, que já gastou o equivalente a mais de R$ 11,5 mil comprando produtos para proteção extra durante a pandemia.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram

Entre no nosso Grupo de WhatsApp. 


Para finalizar o processo de proteção, a duração da relação sexual também foi reduzida: apenas cinco minutos.

 

Jornal InfoRondonia

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2020. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.