Notícias

Compartilhar Imprimir

Esporte no Amazonas

28/09/2019

CEL Rouxinol busca bicampeonato da Olimpíada da Terceira Idade

Compartilhar:

Foto: Divulgação

CEL Rouxinol tem como ponto forte as disputas pelo atletismo.

Atual campeão e favorito a conquistar o título novamente, o Centro de Esporte e Lazer (CEL) Rouxinol, localizado no bairro Cidade Nova, Zona Norte, busca o bicampeonato da Olimpíada da Terceira Idade.

 

E para vencer a competição organizada pela Prefeitura de Manaus os atletas não mediram forças contra oponentes na modalidade que é a especialidade deles, o atletismo, realizada nesta quarta-feira, 26/9, na Vila Olímpica, Dom Pedro, zona Centro-Oeste.

 

Com uma delegação de cem gerontoatletas, o CEL Rouxinol tem como ponto forte as disputas pelo atletismo. Este ano, dos 531 inscritos para as oito provas da modalidade, 40 são do grupo da zona Norte.

 

Veja também

 

Prefeitura divulga edital e convoca desportistas para Bolsa Atleta Municipal

 

No Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência, paratletas falam sobre como o esporte transformou suas vidas

 

A equipe se preparou o ano todo com treinos específicos e até grupo de corrida, como conta a coordenadora do CEL, Tânia Leão.

 

“O nosso principal diferencial para os outros grupos é que nos preparamos o ano todo. Nós os estimulamos e eles nos dão esse retorno positivo. Durante a semana fazemos treinos específicos que variam de natação a treinos para atletismo e também temos um grupo de corrida. Eu sou apaixonada pelo atletismo e isso ajuda para desenvolvermos um bom trabalho com eles nessa modalidade”, destacou a coordenadora, que gerencia um grupo de pessoas na faixa etária de 50 a 80 anos.

 

Campeão em 2018 com a vantagem de 104 pontos para o segundo colocado, nesta edição o CEL Rouxinol tem garantido vaga em praticamente todos os pódios de premiação. Campeã pela caminhada 800 metros, Ana Gadelha, 66, também contribui para que o Rouxinol conquiste o bicampeonato da olimpíada.

 

"Eu estou muito feliz, mais uma para a minha coleção. Nossos professores preparam a gente o ano todo com corrida e caminhada", afirmou Ana, que tem mais de 20 medalhas da competição.

 

Disputa

 

Mas se depender do CEL Coroado, o Rouxinol não terá vida fácil. Campeão do lançamento de dardo, Antônio Eugênio, 71, conhecido como Lucarelli, não dará o título de mão beijada. "Para mim é uma emoção única porque chegar a essa idade com uma posição dessa é uma bravura e um dever cumprido. E a disputa entre os grupos dos centros é sempre muito limpa e justa", disse ele, que acumula 60 medalhas na olimpíada.

 

A 21ª Olimpíada da Terceira Idade encerra nesta sexta-feira, 27, com o concurso de dança no Parque Municipal do Idoso (PIM), no bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul.

 

Integração

 

Nem mesmo a deficiência visual é capaz de impedir de competir e chegar em primeiro lugar como Antônio Honório, 52, campeão da corrida de 800 metros e com mais de 14 anos de experiência em competições de atletismo.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatApp.

 

"É muito boa essa competição, é a primeira vez que eu participo. Mesmo com a deficiência eu consigo desenvolver meu potencial, gostei muito. Fico feliz com o meu resultado. Eu já tenho essa rotina de competição e foi muito boa", declarou.

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.