04 de Marco de 2024 - Ano 10
NOTÍCIAS
Ciência e Tecnologia
29/11/2023

Cientistas dizem que buracos negros minúsculos poderiam ser usados como geradores de energia

Foto: Reprodução

Quando se fala em buracos negros, muita gente pensa neles como “devoradores” de estrelas e “armadilhas” impossíveis de se escapar. Porém, na prática, eles não são tão “maus” quanto se pensa.

 

Tanto é que os cientistas Zhan-Feng Mai e Run-Qiu Yang, da Universidade de Tianjin, na China, dizem que seria possível usar minúsculos buracos negros para, em teoria, gerar energia. Essa descoberta consta de um estudo pré-publicado no repositório online arXiv – em breve sairá na revista científica Physical Review D.

 

Como mostra o site americano Science Alert, os pesquisadores fizeram cálculos que mostram que esses objetos ultradensos poderiam funcionar como baterias recarregáveis e reatores nucleares, ao mesmo tempo. Curiosamente, a energia gerada não vem de dentro do buraco negro, mas de fora dele, já que é conhecido por ter fortíssima atração gravitacional.

 

Veja também

 

Babuínos mumificados no Egito revelam antigas conexões de DNA

 

Estudo mostra a diferença genética entre órgãos masculinos e femininos

 

Nosso Universo pode ser cheio de buracos negros, mas não são fáceis de detectar. Os que conhecemos possuem massas que variam de cerca de cinco vezes a do nosso Sol até dezenas de bilhões de massas solares.

 

Mas há outra classe de buracos negros, pelo menos teoricamente, chamados primordiais, que podem ser espacialmente minúsculos, até subatômicos.

 

Para entender a geração de energia do estudo feito pelos pesquisadores chineses, é preciso lembrar que, enquanto uma bateria converte energia química em elétrica e reatores nucleares aproveitam o poder das atômicas, o pequeno buraco negro poderia, teoricamente, atuar desses dois jeitos.

 

“Considerando o fato de que o buraco negro tem uma força gravitacional extremamente forte, surge uma questão interessante: pelo menos teoricamente, poderíamos usar a força gravitacional dos buracos negros para gerar energia elétrica, ou seja, fazer com que atuem como baterias”, dizem Zhan-Feng Mai e Run-Qiu Yang, no artigo, citado pelo Science Alert. A ideia é que se possa usar um buraco negro de Schwarzschild como bateria recarregável.

 

Mas há um problema com esses objetos quando são muito pequenos: a radiação Hawking. Ela prevê que a perda de massa por parte do buraco negro devido à interação entre seu horizonte de eventos e os campos quânticos da vizinhança.

 

Quanto menor o buraco negro, mais rapidamente a massa é perdida, conforme a teoria da radiação Hawking. Se um buraco negro for pequeno o suficiente, evaporará completamente e com muita rapidez.

 

De acordo com o site americano, os cientistas chineses descobriram que poderiam reabastecer e recarregar um buraco negro primordial acima de uma certa massa, de tal forma que produziria energia elétrica.

 

O objeto do tamanho de um átomo com massa entre 1.015 e 1.018 kg deveria ser capaz de produzir, no máximo, 25% da massa de entrada em energia. Essa é uma taxa de eficiência superior à maioria dos painéis solares disponíveis no mercado, que possuem até 23%.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram

Entre no nosso Grupo de WhatApp e Telegram

 

A equipe também determinou que o minúsculo buraco negro poderia obter uma eficiência semelhante à de um reator nuclear. As equações mostram que, na vizinhança de um objeto do tipo primordial, 25% da massa da partícula alfa, produzida por decaimento radioativo, pode ser convertida em energia. 

 

Fonte:Trendsbr

LEIA MAIS
DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Acompanhe o Portal do Zacarias nas redes sociais

Copyright © 2013 - 2024. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.