NOTÍCIAS
Esportes
13/10/2021

Com 'show' de Andreas Pereira e fim de jejum de gol de falta, Flamengo vence o Juventude

Compartilhar:
Foto: Reprodução

Futebol

Com mais uma exibição de gala no Maracanã, o Flamengo bateu o Juventude por 3 a 1, com gols de Kenedy, Pedro e Andreas Pereira. O duelo marcou também o fim do jejum do gol de falta, o que não acontecia desde 10 de junho de 2018. O camisa 18, autor do terceiro, fez uma pintura e foi aplaudido de pé pelos torcedores presentes.

 

O Flamengo fez um primeiro avassalador no Maracanã, não tomou conhecimento do adversário e amassou o Juventude. E o presságio do que seria a etapa inicial foi logo no primeiro minuto. Andreas Pereira tocou para Kenedy na direita da área. O atacante chutou, mas Douglas fez a defesa.

 

Aos nove, Matheuzinho fez jogada individual no bico da área, limpou a marcação e soltou uma bomba de esquerda. A bola explodiu na trave e saiu. Seria um golaço do jovem lateral-direito. Mas, aos 11, Kenedy arrancou pelo lado direito, tabelou com Pedro, que devolveu de letra para o camisa 33. O atacante limpou a marcação na área e chutou para balançar a rede e fazer o primeiro pelo Rubro-Negro.

 

Veja também

 

Após 8 meses, técnico Hernán Crespo não comanda mais o São Paulo

 

Estudante da Educação Especial do Amazonas realiza sonho de conhecer técnico da Seleção Brasileira, Tite

 

Aos 25, o time de Renato Gaúcho logo ampliou. Michael ganhou de Paulo Henrique após passe de Filipe Luís, cruzou rasteiro pelo lado esquerdo da área e encontrou Pedro, que só escorou para a rede. O camisa 21, portanto, participou dos dois gols: assistência em um e gol em outro.

 

Mas, aos 34 minutos, teve o lance mais comemorado pelos torcedores, que voltaram a comemorar um gol de falta, o que não acontecia desde 10 de junho de 2018. O autor do fim do jejum foi Andreas Pereira, com uma pintura, que valeu cada centavo do valor pago pelo ingresso. Ou seja, depois de 235 partidas, o Rubro-Negro conseguiu marcar um gol de falta.

 

Na saída do intervalo, Andreas Pereira falou sobre o feito de ter marcado gol de falta:

 

"É um orgulho fazer um gol aqui no Maracanã. Quebrar esses jogos sem gols (de falta), tomara que não somente eu, mas que outros parceiros possam fazer esses gols. Vamos tentar manter o ritmo e defender o placar (no segundo tempo). Temos que ganhar os três pontos, que é o mais importante".

 

No segundo tempo, o Flamengo voltou num ritmo menos frenético e viu o Juventude crescer na partida. Aos cinco, Paulinho Boia arriscou um chute de muito longe, e a bola passou perto do gol defendido por Diego Alves. Mas, aos 11, o time de Caxias conseguiu o gol. Chico cobrou escanteio pelo lado esquerdo, William Matheus subiu mais que a defesa do Flamengo e diminuiu a diferença no placar em cabeçada para o gol.

 

Logo após o Juventude fazer o gol, o atacante Pedro colocou a mão no joelho direito, fez cara de dor e pediu para ser substituído. O jogador foi reavaliado no banco de reservas pelo médico do Flamengo e fará exames mais detalhados para saber se há lesão no local.

 

O jogo passou um período em temperatura fria, sem grandes emoções, mas Andreas, aos 35, voltou a levar perigo ao gol do Juventude. Rodinei rolou para o meia na entrada da área. O camisa 18 do Flamengo chutou, a bola desviou na defesa do Juventude e bateu no travessão.

 

Depois, o Flamengo apenas administrou o placar e conseguiu mais uma vitória no Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Rubro-Negro chegou a 45 pontos e está a 11 do líder Atlético-MG, que tem dois duelos a mais.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

Entre no nosso Grupo de WhatApp e Telegram

 

O time de Renato Gaúcho volta a campo no próximo domingo para pegar o Cuiabá, novamente no Maracanã, às 20h30. O Galo, rival direto do Flamengo, encara o Atlético-GO, também no domingo, mas às 18h15. 

 

Fonte: O Dia

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nome:

Mensagem:

LEIA MAIS

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

publicidade

Copyright © 2013 - 2021. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.