Notícias

Compartilhar Imprimir

Esportes

25/08/2019

Com um a menos, Goiás marca gol no fim, vira sobre os reservas do Inter e encerra jejum

Compartilhar:

Foto: Reprodução

Com a vitória, o Goiás sobe para a 11ª colocação na tabela de classificação, com 21 pontos.

Mesmo com um homem a menos, o Goiás virou para cima do Inter e ganhou por 2 a 1 na tarde deste domingo, no Serra Dourada. O Verdão contou com golaço de Michael e uma cobrança de falta perfeita de Rafael Vaz já nos acréscimos para bater os reservas do Colorado, que decepcionaram e não fizeram valer a superioridade numérica após abrirem o placar com Guilherme Parede logo no início da partida em Goiânia. Resultado que encerra jejum de sete jogos sem vitória da equipe esmeraldina na Série A.


Como fica a tabela


Com a vitória, o Goiás sobe para a 11ª colocação na tabela de classificação, com 21 pontos. Já o Inter segue com 24 pontos e se mantém em sétimo lugar, mas perde a chance de voltar a encostar no G-4. Confira a tabela completa do Brasileirão.

 

Veja também

 

Santos abre 3 a 0, mas cede empate ao Fortaleza e tem liderança ameaçada


Jovem de 17 anos brilha, Vasco bate SPFC e encerra invencibilidade tricolor

 

Fim do jejum


Há menos de 20 dias no comando do Goiás, o técnico Ney Franco chegou a ouvir alguns gritos de "burro" da torcida no segundo tempo, quando time perdia por 1 a 0. A vitória não só quebra uma sequência de sete jogos sem triunfos no Brasileirão, como dá mais tranquilidade para o treinador na sequência da competição. O Goiás ainda não havia vencido após a volta da pausa para a Copa América.


VAI ANULAR? NÃO, EXPULSAR


Logo após o gol do Inter, o árbitro Marielson Alves Silva foi chamado para consultar o VAR. A torcida colorada imediatamente temeu pela anulação do gol por alguma irregularidade. Mas o lance em revisão era uma possível falta para cartão vermelho de Léo Sena em Rithely, na origem da jogada. Após ver o vídeo, o árbitro dediciu anular o cartão amarelo aplicado no volante do Goiás e mostrar o vermelho. Para alívio dos colorados. Na Central do Apito, Paulo Cesar de Oliveira viu exagero na expulsão.

 

Foto: Reprodução

 

Que fase!


Há 22 jogos sem marcar, Nico López perdeu a titularidade com Odair Hellmann e ganhou uma chance de retomar a confiança no Serra Dourada. A fase do uruguaio, no entanto, é tão ruim que ele não acerta nem quando a jogada não vale mais. Aos 22 minutos do segundo tempo, acertou a trave, cara a cara com Tadeu, em lance que foi anulado por impedimento. Aos 40, deu um chapéu em Yago Felipe dentro da área e chutou em cima do goleiro do Goiás, em sua melhor chance na partida.

 

Foto: Reprodução

 

 

Primeiro tempo


O primeiro tempo foi movimentado no Serra Dourada. Com menos de um minuto de jogo, Bruno Silva aproveitou uma saída de bola errada do Goiás e finalizou fraco, sem perigo para Tadeu. E foi assim, em um erro do Esmeraldino, que o time gaúcho abriu o placar logo em seguida. Aos 11, Michael errou passe na intermediária, Rithely robou a bola e Wellington Silva deixou Guilherme Parede livre para tocar na saída do goleiro.

 

O Goiás ainda teve outro prejuízo com a expulsão de Léo Sena por falta em Rithely na origem do lance, confirmada após consulta do VAR. Com um a menos, Ney Franco precisou recompor o sistema defensivo com Leandro Barcia no lugar de Rafael Moura. E o jogo ficou à feição do time gaúcho, que passou a explorar os espaços para contra-atacar. Os donos da cara chegaram uma única vez com perigo, em jogada individual de Michael, que passou por três marcadores e chutou fraco para a defesa de Marcelo Lomba.

 

Guilherme Parede comemera gol do Inter

Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter

 

Segundo tempo


O Goiás voltou melhor para o segundo tempo e pressionou em busca do empate. Logo aos 5 minutos, Michael quase marcou em cobrança de escanteio. Rafael Vaz teve outra chance aos 9, mas Lomba defendeu. Aos poucos, porém, os donos da casa foram perdendo o ímpeto, e o Inter se sentiu confortável em campo. Tão confortável que recuou demais, abdicou de atacar e pagou caro por isso.

 

Curtiu? Siga o PORTAL DO ZACARIAS no FacebookTwitter e no Instagram.

 

Aos 25, Michael, sempre ele, se redimiu do erro no gol do Inter e deixou tudo igual com um golaço. O camisa 11 invadiu a área pelo lado esquerdo, deixou dois marcadores no chão e chutou no canto, sem chances para Lomba. Só depois de sofrer o empate o time gaúcho resolveu atacar. Parede, aos 38, e Nico López, dois minutos depois, tiveram chances claras, mas desperdiçaram. Aí brilhou a estrela de Rafael Vaz. Nos acréscimos, o zagueiro acertou um cobrança de falta perfeito da entrada da área para decretar a virada do Goiás. 

 

Globo Esporte

Deixe seu comentário

Nome:

Mensagem:

publicidade

Copyright © 2013 - 2019. Portal do Zacarias - Todos os direitos reservados.